Rodrigo Santanna traz "Tô de Graça" para os palcos de Vitória

Baseada na série do canal Multishow, a peça será apresentada sábado (17) e domingo (18), no Teatro Universitário, da Ufes

Publicado em 13/08/2019 às 14h17

Atualizado em 14/08/2019 às 15h01

Peça teatral "Tô de Graça", com com Rodrigo Santanna, Andry Gercker, Isabelle Marques e Evelyn Castro. Foto: WB Produções/Divulgação
Foto:WB Produções/Divulgação
Peça teatral "Tô de Graça", com com Rodrigo Santanna, Andry Gercker, Isabelle Marques e Evelyn Castro. Foto: WB Produções/Divulgação

Graça é o que podemos chamar de "sobrevivente" por meio do jeitinho brasileiro. Mãe de 13 filhos, pedinte profissional (ganha tantas moedas no sinal que conseguiu comprar, à vista, um iPhone XS Max, o mais moderno), casada, mas adepta do adultério, e, o mais importante: usa o bom humor e a caricatura para escapar dos problemas sociais que permeiam a favela onde mora.

Essa "super-heroína" da periferia é mais um acerto do comediante Rodrigo Sant’anna, famoso por emplacar personagens como Valéria, do "Zorra Total", e Carol Paixão, do "Big Brother Brasil" e "Vídeo Show". Voltando a Graça, ela faz graça, literalmente, na série "Tô de Graça" do canal Multishow.

Lançado com pretensões modestas em 2017, o humorístico fez sucesso na TV paga, tanto que ganhou uma terceira temporada - que estreia dia 19, agora com 30 episódios - e uma versão para o teatro. "Tô de Graça - Da TV para o Palco", inclusive, chega a Vitória com sessões sábado (17) e domingo (18), no Teatro Universitário, na Ufes. Portanto, os capixabas podem esperar uma overdose de Rodrigo Sant’anna nos próximos dias.

ATUALIZAÇÃO: Pelo jeito, o capixaba está animado com a vinda do espetáculo. A produção local abriu uma sessão extra no sábado (17), às 18 horas. Os ingressos estão à venda na bilheteria do Teatro (das 15hàs 20h) ou no site tudus.com.br.

> Quer receber todas as novidades de cultura e entretenimento do ES? CLIQUE AQUI e participe do grupo de Whatsapp do Divirta-se

MALEMOLÊNCIA

Cena da peça "Tô de Graça - da TV para os Palcos"
Foto:WB Produções/Divulgação
Cena da peça "Tô de Graça - da TV para os Palcos"

Graça, na verdade nasceu de um embrião da personagem Adelaide, da extinta série "Metrô Zorra Brasil", exibida na Rede Globo em 2015. "A Graça é a pessoa que você vê no ônibus lotado, carregando um botijão de gás nas costas e gritando com o filho catarrento. É a mulher da periferia, que vive para esse microcosmo, e tem o sexo como a maior diversão, até por ser mais barato (risos). Foi dessa gente, da minha realidade humilde, que nasceu a personagem e praticamente todos os papeis que criei na minha carreira", garante Rodrigo, em entrevista por telefone ao C2.

"Fui criado na comunidade do Morro do Macaco, em Vila Isabel, e, depois, mudei para Quintino, um subúrbio muito movimentado do Rio de Janeiro. Aqui têm muitos filhos abandonados por pais 'cachaceiros' aos cinco anos, deixados para a mãe cuidar. Essa matriarca, por conta da dureza da vida, às vezes é muito crua. Essa é a Graça que todo mundo adora rir das suas piadas", complementa o ator.

Por conta a verba apertada, "Tô de Graça - Da TV para o Palco" traz apenas três dos filhos da protagonista (na verdade, os mais engraçados e representativos): Maico (Andy Gercker) e Marraia (Evelyn Castro, youtuber do canal "Porta dos Fundos"), os filhos gays, e Brit (Isabelle Marques), conhecida por sua falta de atributos físicos.

O fato de os rebentos terem os nomes "populares", por assim dizer, de astros como Britney Spears, Mariah Carey e Michael Jackson é uma das melhores sacadas do texto. "No morro têm muitas Grace Kellys. Nos divertimos com esse culto (e tributo) aos ídolos que os mais humildes fazem", pontua o ator, dizendo que a montagem (como a série) também aposta no exagero e em estereótipos para retratar os problemas sociais que afligem os pobres no Brasil.

"A peça mantém o mesmo microcosmo da televisão. Inclusive, até na questão cenográfica. No palco, a casa da Graça vai ferver com revelações bombásticas, como Marraia querendo ser barriga de aluguel. Além disso, uma cantora famosa chega para gravar um videoclipe na favela. Graça fica enfurecida, pois o bafafá vai tirar a sua paz", brinca o comediante, complementando que os moradores da favela só ficam com o ônus de um evento assim.

"A famosa faz foto, posta de boazinha no Instagram, vai embora, e o esgoto continua correndo e os tiros 'pipocando'. Nada efetivamente muda para eles. Brincamos com essa questão, que é muito séria", acredita.

NA TELINHA

Graça e sua família também retornam à televisão na próxima semana. Segunda (19), estreia a terceira temporada do "Tô de Graça" com uma novidade muito comemorada pelas redes sociais: a participação de Gracyanne Barbosa. Infelizmente, a engraçadíssima Abigail, a "patroa-empregada" vivida pela ótima Flávia Garrafa, não estará presente nos novos capítulos da trama. Abaixo, veja um trecho da atração.

"A Gracyanne veio para deixar o programa ainda mais louco. Ela fez uma participação na temporada passada, vigou, e agora volta no elenco fixo. Será a namorada gostosona da Marraia, desejada por todos da favela", conta Rodrigo Sant’anna, dizendo que uma quarta temporada da atração já está em andamento. Para a tristeza dos fãs, porém, "Tô de Graça", ao contrário do que foi especulado pela internet, não tem previsão ser exibido pela Rede Globo. Cinema? Rodrigo não confirma, mas também não descarta. "É um sonho. Vamos torcer para virar realidade", faz figa.

SERVIÇO

TÔ DE GRAÇA - DA TV PARA O PALCO

Quando: sábado (17), às 18h (sessão extra) e 20h, e domingo (18), às 18h. Intérprete de libras na sessão de domingo.

Onde: Teatro Universitário , UFES. Av. Fernando Ferrari, 514, Campus Universitário, Goiabeiras, Vitória ES.

Ingressos: Térreo, R$ 90 (inteira) e R$ 45 (meia). Mezanino, R$50 (inteira) e R$ 25 (meia). SESSÃO EXTRA: R$ 90 (inteira) e R$ 45 (meia) - valor único. À vendas na bilheteria do Teatro (das 15h às 20h) ou no site www.tudus.com.br

Informações: (27)3376-0933

Classificação: 12 anos

Compartilhe



Mais no Gazeta Online