Participante do BBB teria sido desclassificado por causa de patrocínio

Fábio Alano, 27 anos, teria contrato de patrocínio com uma marca de roupas de ginástica

Publicado em 14/01/2019 às 13h28

Atualizado em 14/01/2019 às 13h28

Fábio, 27 anos, o gaúcho de Porto Alegre é campeão mundial de jiu-jitsu e profissional de Educação Física
Foto:Divulgação/Globo
Fábio, 27 anos, o gaúcho de Porto Alegre é campeão mundial de jiu-jitsu e profissional de Educação Física

Segundo o site Notícias da TV, o lutador Fábio Alano, 27, teria sido desclassificado do BBB 19 em função de um contrato de patrocínio que ele teria com uma marca de roupas de ginástica.

Eliminado antes mesmo do início da competição, que começa nesta terça (15), o lutador não teria informado a Globo de que possuía tal contrato antes de ser selecionado pela emissora para participar do reality, segundo a publicação.

De acordo com o portal, que entrevistou ex-participantes do programa, uma das regras dos contratos da emissora com os brothers afirmaria que eles não poderiam possuir qualquer contrato de patrocínio durante a veiculação da atração.

A omissão de Fábio em informar sobre o patrocínio teria irritado a direção do BBB 19, que optou por desclassificá-lo.

Procurada, a Globo não se manifestou sobre o motivo da saída de Fábio. Em nota, a emissora informou apenas que "tomou conhecimento hoje de fatos relacionados ao participante, avaliados como inadequados ao perfil dos competidores conforme o regulamento do programa".

Compartilhe



Mais no Gazeta Online