Karl Lagerfeld deixa R$ 740 milhões e Choupette, sua gata, é herdeira

Parte da fortuna será destinada aos cuidados da gata Choupette, o grande amor do diretor artístico da Chanel, Karl Lagerfeld

Publicado em 20/02/2019 às 12h13

O estilista e diretor artístico da Chanel, Karl Lagerfeld, e Choupette, sua gata birmanesa
Foto:Reprodução/Instagram @dalilaslifestyle
O estilista e diretor artístico da Chanel, Karl Lagerfeld, e Choupette, sua gata birmanesa

A sortuda gata Choupette já é mais rica do que a maioria das pessoas será em vida. Mesmo depois da morte de seu dono, o diretor artístico da Chanel, Karl Lagerfeld, o bichano será muito bem tratado. 

Karl deixou uma fortuna estimada em US$ 200 milhões, o que equivale a algo em torno de R$ 740 milhões, e parte da herança vai direto para os cuidados do felino, que tem mais de 190 mil seguidores em seu próprio perfil do Instagram. 

De acordo com a revista Caras, Choupette pertencia, inicialmente, ao modelo francês Baptiste Giabiconi e Karl tomou conta do filhote por alguns dias. A experiência foi tão intensa que ele se recusou a devolver e a relação entre os dois se tornou equivalente e de pai e filha. 

Leia também

Karl disse em uma entrevista um ano antes de seu falecimento que gostaria que uma parte de sua herança ficasse com Choupette, que serviu de inspiração para diversas criações. Prevendo a repercussão, à época, ele disse: ''Não se preocupe, há o suficiente para todos''.

CHOUPETTE JÁ TEM MOTORISTA E BABÁS

Já se sabe, de acordo com informações da Caras, que Choupette já possui às suas ordens um motorista, um guarda-costas, duas babás que se revezam, um jatinho e segue dieta com nutricionista. 

Ainda é desconhecido quem ficará responsável pelos cuidados da gata birmanesa. 

Foto:Reprodução/Instagram @kayurri26

Compartilhe



Mais no Gazeta Online