De "Amor Falso" a "Combate", conheça o "batidão" de Aldair Playboy

Sucesso na internet, cantor paraibano fala com o Gazeta Online sobre o seu novo trabalho, parceria com Wesley Safadão e o difícil início da carreira

Publicado em 15/05/2019 às 16h06

Atualizado em 15/05/2019 às 16h32

15/05/2019 - O cantor Aldair Playboy durante show em Sobral, no Ceará, onde lançou Combate, seu novo hit
Foto:Instagram/@aldairplayboy
15/05/2019 - O cantor Aldair Playboy durante show em Sobral, no Ceará, onde lançou Combate, seu novo hit

Fenômeno nas redes sociais, o paraibano Aldair Brito da Silva, mas pode chamar de Aldair Playboy (22), já fez de tudo na vida. Foi (e ainda diz que é) pintor, gesseiro, pedreiro e auxiliar de lava-jato. Mesmo pegando no pesado, literalmente, a veia artística do rapaz pulsou mais forte, tanto que resolveu seguir a carreira de cantor... e de sucesso!

Legítimo representante do "Batidão de João Pessoa", uma mistura de reggae, forró e funk (bem parecido com o brega-funk de Recife/PE ou o arrocha-funk do Rio e São Paulo), Playboy alcançou um sucesso que nem em seus “delírios musicais” poderia imaginar.

Com mais de 1,5 milhões de ouvintes mensais em seu perfil no Spotify, Aldair viu o hit "Amor Falso" (faixa que contou com participações de Wesley Safadão e Kevinho) ganhar mais de 350 milhões de visualizações no Youtube, além de cair nas graças de Neymar, Marquinhos e companhia durante a Copa da Rússia, em 2018.

Outro sucesso do cantor, que também conquistou os boleiros, é "Sinalzinho da Amizade". Inclusive, bordão "faz o sinalzinho da amizade", virou sua marca registrada.

"Aconteceu tudo muito rápido. Saí do grupo Swing dos Playboys (que influenciou em seu sobrenome artístico) para fazer quase 30 shows por mês. Recebo propostas do Brasil inteiro e até do exterior”, revelou, com orgulho, durante uma entrevista ao Gazeta Online para falar de seu novo EP, "Baile do Playboy". Lançado pelo selo Universal Music, o trabalho conta com quatro faixas e já está disponível em todas as plataformas de download e streaming.

Um dos destaques do novo álbum, que já conta com quase quatro milhões de visualizações no Youtube, é a faixa "Combate", um misto de batidão com o arrocha, gravada em parceria com MC WM, de quem Playboy se diz muito fã.

"É uma honra gravar com o WM. Ele é um artista que eu acompanho há muito tempo. Nossa parceria deu muito certo e espero repetir em breve", torce. Por falar na música, o refrão "soca, soca, toma, toma, bate, bate com vontade" já está "virando chiclete".

DUELO DE FÃS

"Combate" virou, literalmente, uma batalha nas redes sociais, pelos menos entre os fãs de Playboy e da dupla Um44K. Luan Otten e Saulo Poncio (famoso pela treta sobre a paternidade de uma criança durante o seu relacionamento com a atriz Letícia Almeida) lançaram uma música com o mesmo nome e praticamente na mesma época. Uma delas, no caso a de Aldair, é um batidão. Já a faixa dos meninos aposta no pop melódico.

O "bafulê" começou quando Saulo postou uma mensagem na internet lamentando o ocorrido. Alguns fãs começaram a "duelar" sobre qual música era melhor e qual tinha mais relevância. Muitos deles disseram que Poncio acabou ajudando a divulgar a "concorrência".

Aldair Playboy, cantor
Foto:Reprodução/Instagram @aldairplayboy
Aldair Playboy, cantor

Playboy se apressa em acabar com qualquer desentendimento. "Tem espaço para todo mundo e esse tipo de coincidência pode acontecer. Nossa música já estava escrita desde o ano passado. São estilos musicais distintos e letras bem diferentes. Não existe e nunca existiu treta alguma", apazígua.

"Pode Me Bloquear", outra faixa que Aldair gosta muito, já atingiu mais de nove milhões de acessos no Youtube. "É uma das músicas mais pedidas nos shows, ao lado de 'Se isso Não é Amor', que a galera também gosta muito", enumera, afirmando que o seu sucesso se dá porque canta o que as pessoas querem ouvir. "Quase sempre, são músicas simples, que misturam situações do cotidiano que acabam entrando na sua vida", filosofa.

Sobre a parceria com Wesley Safadão - que apoiou em sua mudança para Fortaleza, terra do amigo famoso, com o intuito de alavancar a carreira - Aldair responde com entusiasmo.

"Ele adorou 'Sinalzinho de Amizade' e sempre cantava em seus shows. Um dia nos conhecemos e começou uma parceria. Safadão sempre foi uma inspiração para a minha carreira. Tanto ele, quanto MC Marcinho e Claudinho & Buchecha. Tenho muitas referências do funk, do forró e do pop-sertanejo para compor a minha música", enumera.

PRÊMIO

Reconhecimento é uma palavra de fonte inesgotável na carreira do paraibano. Recentemente, foi indicado ao prêmio "MTV MIAW 2019", uma das principais premiações da cultura pop na América Latina. Anitta lidera a premiação pela segunda vez consecutiva, com oito indicações. Entre os lembrados, nomes como os de Alok, Kevinho, Ludmilla e Pabllo Vittar.

Aldair está indicado na categoria Hino de Karaokê e concorre com nomes como os de Simone & Simaria, Whadi Gama, do hit “Piscininha Amor”, Wesley Safadão e Anitta. A votação acontece pela internet e os vencedores serão anunciados em 3 de julho. "É um prêmio muito top, um reconhecimento da minha carreira. Já estou fazendo campanha nas redes sociais e pedindo a força dos meus fãs. Vai que ganho?", torce.

As pessoas que amam são simples. Gosto de contar a história dos humildes
Aldair Playboy, falando sobre o sucesso de suas músicas

Playboy, que canta desde os 11 anos, tem números em sua carreira que nem de longe remetem ao sucesso de hoje. Já chegou a fazer shows com o cachê de R$ 7 pela noite de João Pessoa e gravou um CD com apenas R$ 50. "O início foi difícil. Ninguém quer lhe dar espaço para você mostrar o seu talento. Venho de uma vida de sacrifícios. Morava em Planalto da Boa Esperança (periferia da capital paraibana) e acordava cedo para ralar. A música chegou e, graças a Deus, tive a oportunidade de fazer a minha vida nela, sempre com muito trabalho".

Sobre se, hipoteticamente, voltaria a ralar na construção civil se fosse necessário, Aldair não pensa duas vezes em responder. "Não vejo problema algum. Trabalho é trabalho. Recentemente, subi uma parede na minha casa. Ainda levo jeito para coisa", brinca.

SERVIÇO

Para ouvir. "Baile do Playboy", EP de Aldair Playboy. Quatro faixas. Disponível em todas as plataformas de download e streaming. Universal Music.

Leia também

Compartilhe



Mais no Gazeta Online