Ronaldo Fenômeno se compara a negros e gays: "Me chamavam de gordo"

Craque alertou para o fato de que ninguém o defendia quando o chamavam de gordo

Publicado em 15/05/2019 às 08h47

Foto:Reprodução/Instagram @ronaldo

Ronaldo Fenômeno botou as mágoas para fota durante entrevista que deu ao jornal britânico "Financial Times" nesta terça (14). Aos 42 anos, o craque falou sobre vida pública e privada e lembrou da época em que era muito criticado pelo peso, mesmo ainda estando com um quilinhos a mais. 

"Existem mobilizações para muitas coisas. Se você é negro, se é gay... Não me lembro de ninguém que me defendia quando me chamavam de gordo. Não me importo", alertou ele ao jornal, segundo informações da revista Caras. 

Leia também

O ex-jogador é pai de quatro filhos, mas à reportagem também revelou que ainda quer ter mais desse prazer: "Congelei esperma suficiente para ter uma equipe de futebol se a minha mulher quiser". 

Compartilhe



Mais no Gazeta Online