Betty Lago teria assinado testamento à força sob efeito de remédios

Incoerências no documento acirra briga dos filhos da atriz na Justiça

Publicado em 15/08/2019 às 10h00

Atualizado em 15/08/2019 às 10h00

Betty Lago morreu em 2015, em decorrência de um câncer de vesícula após 3 anos enfrentando a doença. Quatro anos depois, os filhos Bernardo, de 40 anos, e Patrícia, de 46 anos, seguem na Justiça em um entrave pela herança da global. 

Foto:Reprodução/Instagram

De acordo com informações do programa A Tarde É Sua, que foi ao ar nesta quarta (14), a atriz teria sido manipulada a assinar o testamento poucas horas antes de morrer. Ainda segundo o vespertino de Sonia Abrão, a atriz estaria sob efeito de remédios fortes e não tinha consciência do que estava fazendo. 

No testamento, a previsão é de que Bernardo fique com 80% de todos os bens, mas Patrícia pediu que a divisão fosse igual - sendo 50% para cada um. 

Patrícia fez a solicitação à Justiça já mostrando que o irmão, nesse meio tempo, perdeu um dos apartamentos da herança em leilão por não ter pago o IPTU do imóvel. Duas salas comerciais também estaria indo a leilão por acúmulo de dívidas

Segundo Alessandro Lo-Bianco, colunista do programa, a advogada de Patrícia alegou que o testamento foi manipulado, caracterizando 'crime de captação dolosa', já que ele foi assinado poucas horas antes de Betty falecer.

Leia também

Além disso, segundo informações da revista Caras, Bernardo está dado como morto no documento. Mas o consultório jurídico que o atende falou que houve um erro de digitação do tribunal na capa do processo. Agora, eles vão acionar a Justiça para que esse erro seja corrigido.

O cartório também está sendo processado porque um tabelião estava presente no apartamento e por terem colocado o dia da assinatura do testamento para dois dias antes.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online