Gracyanne Barbosa é denunciada por pornografia e se revolta

Esposa do cantor Belo foi ao Instagram desabafar sobre um caso de denúncia que acontece contra ela e aproveitou para fazer um balanço das prioridades que o país tem dado a assuntos que são secundários para a bonita; entenda

Publicado em 08/09/2019 às 12h19

Foto:Reprodução/Instagram @graoficial

Revoltada com a "opressão e perseguição" que sofre por suas postagens, Gracyanne Barbosa, 35, usou o Instagram para desabafar. No texto intitulado "Pornografia", a modelo fitness conta que, recentemente, postou um vídeo na rede social sambando na escola de samba União da Ilha e foi notificada como se tivesse divulgando conteúdo impróprio.

"Meu pole dance, que é a conexão feminina da mulher, saúde e esporte, sempre tem sido visto como pornografia. O mais recente e chocante é que hoje, meus amores da comunidade LGBT foram notificados por políticos de que o beijo de amor é classificado como pornografia. Sinceramente? Dá um nó na garganta e eu realmente nem tenho mais o que falar. A narrativa desses fatos já fala por si só", escreveu a morena.

> Gracyanne Barbosa abaixa calcinha e exibe tatuagem íntima

Para a mulher do cantor Belo, 45, o Brasil e o mundo têm problemas emergenciais a serem resolvidos, como por exemplo, as queimadas que estão acontecendo na Amazônia e a falta de atenção dada às escolas e hospitais públicos. Em tom indignado, Barbosa questionou: "e quem está na mira? O que está na mira?".

 

 

 

 

 

 

Ver essa foto no Instagram

Pornografia. Até quando seremos acusados de pornografia? Pensei e penso muito sobre escrever essa publicação. Passo por uma certa opressão e perseguição em meu conteúdo. Recentemente postei um vídeo sambando na minha União da Ilha e fui notificada de pornografia. Meu pole dance, que é a conexão feminina da mulher, saúde e esporte, sempre tem sido visto como pornografia. O mais recente e chocante é que hoje, meus amores da comunidade LGBT foram notificados por políticos de que o beijo de amor é classificado como pornografia. Sinceramente? Dá um nó na garganta e eu realmente nem tenho mais o que falar. A narrativa desses fatos já falam por si só. Nosso país e nosso mundo está cheio de problemas emergenciais! A Amazônia está em chamas. Os hospitais e escolas públicas clamam por atenção. E quem está na mira? O que está na mira? Enfim, não quero me estender mais! Aos opressores, AMOR! Ao meu público, de sambistas, de praticantes de pole e também meus queridos do movimento lgbt, MEU AMOR! MEU APOIO! Um beijo imenso no coração de vocês! Obrigada pelo mimo @fefigueirapole @pinuppolestudio

Uma publicação compartilhada por Gracyanne Barbosa - (@graoficial) em

Leia também

Gracyanne finalizou o desabafo desejando amor a quem chama de opressores e, também, àqueles que a admiram. "Aos opressores, amor! Ao meu público, de sambistas, de praticantes de pole e também meus queridos do movimento LGBT, meu amor! Meu apoio! Um beijo imenso no coração de vocês!". 

Compartilhe



Mais no Gazeta Online