Luciano Huck presidente? Marido de Angélica abre o jogo sobre política

Apresentador de TV foi cotado para concorrer ao Palácio do Planalto na eleição de 2018. Mas ele não entrou na disputa

Publicado em 10/09/2019 às 09h58

Atualizado em 10/09/2019 às 12h44

Foto:Globo/Isabella Pinheiro

Não é de hoje que o nome de Luciano Huck rodeia o papo em torno das eleições. Agora, o apresentador da TV Globo volta a ser cogitado para o cargo na candidatura presidencial de 2022

> Luciano Huck fica sem graça ao levar cantada de homem

Em evento da revista Exame, nesta segunda-feira (9), o marido da Angélica não respondeu precisamente nenhuma indagação sobre o tema, mas fez considerações importantes sobre a política e sobre a forma como enxerga o cenário atual. 

> Em evento, Luciano Huck não se compromete com candidatura

Leia também

"Eu acho que qualquer tipo de resposta nesse momento não contribui em nada para o que estamos vivendo. Acho que o que importa agora é o curto prazo, e como a gente pode apoiar as agendas importantes, como a gente pode ser resiliente e defensor das ideias que a gente acredita que sejam colocadas de maneira incorreta ou equivocada", disse, durante o bate-papo. 

Huck continuou explicando que é importante entender as mudanças que o Brasil precisa: "Então de um lado é apoiar o lado necessário e as reformas importantes que o país precisa, e de outro lado ser a resistência para não deixar que a miopia ideológica ofusque coisas importantes e conquistas importantes da democracia brasileira". 

Compartilhe



Mais no Gazeta Online