Festival em Aracruz vai apresentar culinária indígena a turistas

Aracruz Sabor Verão terá pratos que vão de Paella a hambúrguer goumet gigante com preços que vão de R$ 15 a R$ 200

Publicado em 29/01/2018 às 18h09

Aracruz Sabor Verão: Vitamina suíça e sanduíche Maguilão duplo, do Restaurante Donna Clara
Foto:Francisco Siqueira
Aracruz Sabor Verão: Vitamina suíça e sanduíche Maguilão duplo, do Restaurante Donna Clara

Até cinco mil pessoas devem se reunir na Vila de Santa Cruz, em Aracruz, no Norte do Espírito Santo. Isso porque nos dias 2, 3 e 4 de fevereiro vai acontecer a primeira edição do Festival Gastronômico Aracruz Sabor Verão. Nele, os pratos apresentados, que vão de R$ 15 a R$ 205, terão algum toque da culinária indígena para brindar as origens da região. Por lá, aproveitando a riqueza da cultura das aldeias que existem no local, também será feito um passeio que envolve escuna e imersão na culinária indígena. O programa sai por R$ 40 por pessoa. 

Em sintonia com a região, o festival quer remontar o legado indígena no local por meio de aulas de gastronomia, feitas de artefatos indígenas, divulgação da cultura de cada aldeia, apresentações musicais e encontro de cervejas artesanais além de, é claro, pratos preparados especialmente para a ocasião.

> Leia mais notícias de Entretenimento

A programação do evento, como conta a gerente de Turismo de Aracruz, Elisa Bernardi, ainda terá aulas com renomados chefs durante os dias de festival. Gratuitas, elas serão feitas às margens do Rio Piraquê-Açu, no Cais de Santa Cruz. "Nossa ideia é mostrar para o turista tudo o que a região tem para oferecer. Assim, não só no verão, mas no ano inteiro, queremos ter gente escolhendo a gastronomia daqui como atração turística", destaca.

Para ela, uma média de cinco mil pessoas deve circular por lá e a expectativa de todos os participantes é grande. "É um período de verão, então a região já está com um volume de turistas, o que é bom. Ainda assim, esperamos que mais gente venha ao festival", detalha. O foco, segundo Elisa, é justamente a gastronomia indígena.

AULAS DE CULINÁRIA E CHEFS

Destaque do festival, a Cozinha Piraquê-Açu é das principais atrações do festival. Ideal para quem busca boas experiências culinárias, de acordo com Elisa, ela será inaugurada na sexta-feira (2), a partir das 18h, com Cacique Peru, da Aldeia Piraquê-Açu. A aula dele vai apresentar tudo o que o povo Guarani sabe sobre gastronomia e ainda vai fazer receitas típicas e comidas tradicionais da tribo.

Dentre outros chefs que participarão da programação, estão Luiza Sampaio, Alessandro Eller, Flávia Esteves, Gideão Dias, Felipe Maia, Solange Netto e Letícia Sant'Anna.

PRATOS

- Frango com quiabo da Dani, do Restaurante da Dani, por R$ 13 (self-service)

- Omelete de frango com catupiry, da Choperia e Lanchonete do Marcos, por R$ 14

- Croquete de camarão, do Restaurante Mocambo, por R$ 60

- Paella de frutos do mar, do Restaurante Travessia, por R$ 205

- Vinagrete de polvo, do Mangue Bar, por R$ 30

- Camarão exibido do Praia, do Coqueiral Praia Hotel, por R$ 15

- Salpicão, do Point Coqueiral Restaurante, por R$ 33,90 (self-service)

- Mel e pólen Tupyguá, do Meliponicultores Indígenas, por R$ 20 e R$ 25

- Porção mista, do Bacutia Pub, por R$ 60

- Spaguetti Praia dos Padres, do Restaurante Purumar, por R$ 90 e R$ 180

- Porções individuais, do Restaurante Porto do Sauê, por R$ 12, R$ 13 e R$ 18

- Bobó de camarão desconstruído, do Restaurante Castenheiras, por R$ 79,90

- Feijão tropeiro especial, do Restaurante Sabor e Art, por R$ 28 (o quilo)

- Vitamina suíça e sanduíche Maguilão duplo, do Restaurante Donna Clara, por R$ 38

PROGRAMAÇÃO

SEXTA-FEIRA (2)

Local: Cais de Santa Cruz - Rio Piraque-Açú

17h – Abertura da Feira de Artefatos Indígenas, Agricultura Familiar e Artesanato e Encontro Capixaba de Cervejas Artesanais e Food Truks

17h – Apresentação de Dança Guerreira Tupiniquim (indígena)

21h30 – Show com Amanda e Ricardo

Local: Cozinha Piraque-Açú

18h - Aula Show de Gastronomia Indígena com o Cacique Peru

19h - Aula Show de Gastronomia com o chef Felipe Maia Machado

20h - Aula Show de Gastronomia com a Mestre de Alambique Solange Netto

20h30 - Aula Show de Gastronomia com o Chef Alessandro Eller

SÁBADO (3)

Local: Cais de Santa Cruz - Rio Piraque-Açú

13:00 – Roteiro Guarani – Almoço Indígena (Sob reserva a R$40,00 por pessoa)

*Passeio de Escuna até a Aldeia indígena temática com apresentação do Coral Guarani

e comida indígena

17h – Abertura da Feira de Artefatos Indígenas, Agricultura Familiar e Artesanato e Encontro Capixaba de Cervejas Artesanais e Food Truks

19h – Apresentação do Gruppo Di Ballo Nova Trento (Distrito de Guaraná)

23h – Show com Meire Pires

Local: Cozinha Piraque-Açú

18h - Aula Show de Gastronomia com a Chef Letícia Sant’Anna

19h - Aula Show de Gastronomia com o Chef Gideão 

20h - Aula Show de Gastronomia com a Chef Luiza Sampaio 

21h - Aula Show de Gastronomia com a Chef Flávia Esteves 

DOMINGO (4)

Local: Cozinha Piraque-Açú

11h – Abertura da Feira de Artefatos Indígenas, Agricultura Familiar e Artesanato e Encontro Capixaba de Cervejas Artesanais e Food Truks

14h – Apresentação musical

16h – Encontro das Bandas de Congo de Aracruz – cortejo e fincada do mastro da Banda São Benedito de Itaparica

Compartilhe



Mais no Gazeta Online