Chef dá dicas de pratos simples e deliciosos para toda a Quaresma

Há mais de 30 anos na gastronomia, chef Cirlei Benincá conta um pouco da trajetória de vida e dá uma receita para curtir o feriado da Páscoa

Publicado em 19/04/2019 às 17h29

Atualizado em 19/04/2019 às 17h32

“Para a maioria das pessoas, a nossa gastronomia é só torta e moqueca capixaba. Esse paradigma precisa ser quebrado”

A fala, que veio como resposta logo da segunda pergunta da entrevista, é de Cirlei Benincá, embaixadora do Encontro de Chefs do Espírito Santo; e também proprietária e responsável pela cozinha do restaurante Don Benin, em Nova Venécia. A ideia defendida, aliás, já é colocada em prática por ela há 32 anos e nos últimos dois, vem sendo difundida pelo Brasil.

Chef Cirlei Benincá
Foto:Patricia Amorim
Chef Cirlei Benincá

Nascida e criada na cozinha de um bar que os pais italianos tinham em São Gabriel da Palha, ela diz ter vivido durante décadas no anonimato. Isso até ganhar a etapa nacional do EnChefs 2017 e passar a representar o Estado. Pelo destaque, ela conseguiu até levar o evento para a cidade onde mora e iluminar a gastronomia das regiões Norte e Noroeste.

“Quando eu cozinho, eu também estou fortalecendo o Espírito Santo, o pequeno produtor e a nossa rica herança gastronômica”

Apesar do aparente requinte que ronda uma chef, o prato que a faz aguar a boca é um que dificilmente alguém não comeu quando criança: carne picadinha caramelizada acompanhada de arroz, feijão e tomate. A simplicidade da receita, que a mãe de 85 anos faz até hoje, se mantém presente também nos pratos que Cirlei criou especialmente para a Quaresma:

Tilápia no caldo de moqueca acompanhada com risoto de coco verdeSalmão com purê de fruta-pão e crispy de alho-poróPolvo caramelizado com melado de cana e purê de abóboraTilápia assada com banana-prata e arroz de repolho roxoRisoni com mariscoRisoto de limão siciliano com camarão

Confesso que não foi fácil anotar essas delícias com o estômago vazio... Mas, voltando ao que interessa, cada uma das criações esteve disponível no restaurante em uma quarta-feira das últimas seis semanas, com preços entre R$ 45 e R$ 59. De acordo com ela, todos são fáceis de replicar em casa. “De zero a dez, o grau de dificuldade é um”, garantiu.

Dicas para a Quaresma da Chef Cirlei Benincá
Foto:Cirlei Benincá
Dicas para a Quaresma da Chef Cirlei Benincá

Prova de que o prazer está nas coisas simples, o primeiro dos pratos é elencado por ela como o mais fácil – e foi justamente ele que mais fez sucesso e deve permanecer no cardápio do restaurante. Ainda não sabe o que vai fazer para este almoço de Sexta-feira Santa ou no Domingo de Páscoa? Segue a receita!

INGREDIENTES

- 200 gramas de filé de tilápia

- 100 gramas de arroz arbóreo

- 200 gramas de tomate (picado)

- 60 gramas de cebola (ralada fininha)

- 10 gramas de alho (socado)

- 1 limão

- 50 gramas de azeite

- 25 gramas de manteiga

- 150 ml de água de coco

- 50 gramas de coco ralado

- 100 ml de leite de coco

- 1 coco seco (lascas)

- 1 coco verde (massa)

- 30 gramas de queijo grano padano

- ½ maço de coentro

- 5 unidades de amendoim torrado

- 10 unidades de semente de coentro

MODO DE PREPARO

Molho de moqueca

Coloque o alho, a cebola, o tomate, o coentro e a salsa e deixe cozinhando no azeite até o tomate desmanchar.Deixe esfriar um pouco e bata tudo no liquidificador. Coe em seguida.Depois, leve ao fogo para reduzir e acrescente o leite de coco.Reserve

Risoto de coco verde

Pegue a massa de coco, sem retirar a parte escura para não amargarBata a massa junto com a água de coco em um liquidificadorEm uma frigideira doure a cebola na manteiga sem deixar escurecerColoque o arroz e doure tambémEm seguida, acrescente a mistura de água de coco com a massaDeixar cozinhar até ficar al dentePor fim, acrescente o queijo e finalize com a manteiga gelada

Tilápia

Lave o peixei com um pouquinho do suco do limãoTempere em seguida com sal, pimenta do reino e alhoNa frigideira bem aquecida doure a tilápia dos dois lados com um fio de azeiteDepois cozinhe o peixe dentro do caldo de moqueca

SERVIÇO

Em um prato fundo, finalize o risoto com manteiga gelada e jogue o queijo parmesão e lascas de coco seco por cima. Ao lado, coloque o filé de tilápia, servido com molho de moqueca.

Católica, a chef Cirlei, que mantém um restaurante famoso pelo uso de carneiro, abre mão da carne vermelha na sexta-feira da Paixão. Irmã do meio de 13 irmãos, ela sempre passa a data com a família, sem esquecer o lado espiritual: faz-se jejum até as 10h, horário em que normalmente termina a missa.

Depois disso, claro, entram em cena os comes e bebes. Um vinho, um tira-gosto… “Aos 12 assumi a cozinha para 24 pessoas, entre pais, irmãos e agregados. Hoje, acho que é minha obrigação mostrar novas formas de degustar novos pratos para os meus convidados. Eu gosto disso, me faz bem. Faço por amor”, diz satisfeita.

Outra coisa que para ela não pode faltar nessas comemorações e que também não costuma faltar para a maioria das pessoas do Espírito Santo é a torta capixaba. Quem ficou confuso agora por causa da frase que serviu para abrir o texto, pode ficar tranquilo! Outra aspa de destaque vai deixar tudo bem claro:

“Em tradição a gente não mexe, a gente apenas agrega. Pega a Quaresma inteira e coma tudo o que você tem direito de peixes e frutos do mar”

 

 

Compartilhe



Mais no Gazeta Online