Prato japonês do momento, Lámen chega aos restaurantes do ES

As famosas tigelas de macarrão com caldo quente são novidade em casas de comida asiática, mas restaurantes variados e lanchonetes também apostam nos sabores orientais

Publicado em 23/08/2019 às 10h27

Atualizado em 23/08/2019 às 16h40

Filha de coreanos, a empresária Nam Hee Park serve lámens em seu restaurante de comida asiática
Foto: Fernando Madeira
Filha de coreanos, a empresária Nam Hee Park serve lámens em seu restaurante de comida asiática

Desde que foram abertos os primeiros restaurantes japoneses em Vitória, na década de 1980, sushis, sashimis e yakisobas praticamente dominaram os cardápios asiáticos da Capital. Pratos quentes caudalosos ou frituras picantes de porco ou frango, muito populares naquele continente, não faziam sucesso por aqui.

Mas parece que o jogo virou. Com a chegada do lámen (macarrão com caldo que é tendência na gastronomia mundial ) ao cardápio de restaurantes em Vitória e Vila Velha, os capixabas fãs de comida asiática não precisam mais viajar para provar a receita.

> Quer fugir do PF ou marmitex? Veja opções de pratos executivos no ES

Localizado no Hortomercado, o Tobayo Asian Food foi o primeiro a lançar uma carta exclusiva de lámens, no final de junho. As tigelas fumegantes contêm, além do caldo e do macarrão, ovo cozido, alga nori, brotos, prensado de peixe e barriga de porco fatiada.

“Tenho um restaurante japonês há 18 anos onde o público vai focado nas promoções e nos rodízios. Abri o Tobayo para incluir pratos diferentes e mostrar que a cozinha asiática tem muito mais a oferecer. Hoje, até churrascaria serve sushi e sashimi. Já passou da hora de diversificar”, explica a proprietária Nam Hee Park, descendente de coreanos.

> Quer receber todas as novidades de cultura e entretenimento do ES? CLIQUE AQUI e participe do grupo de Whatsapp do Divirta-se

PRODUÇÃO ARTESANAL

Tanto o macarrão quanto o caldo são produzidos na casa, de forma artesanal e com muita paciência. Diferentemente do miojo, lámen instantâneo que ganhou o mundo há mais tempo, o lámen tradicional japonês requer muitas horas de preparo. No Tobayo, os caldos levam até oito horas para ficar prontos. A massa, trabalhosa, precisa descansar ao menos um dia antes de compor as tigelas.

> Confira roteiro para saborear a tão amada feijoada na Grande Vitória

No Japa San 2Go, em Vila Velha, o caldo leva 12 horas e é bem fiel à tradição. “Aprendemos os preparos com um especialista japonês”, conta um dos sócios, Hugo Simoni.

CHEFS MAIS PRÓXIMOS DOS SABORES ORIENTAIS

Se há algum tempo sushis e sashimis são encontrados com facilidade nos mercados, o mesmo não acontecia com ingredientes orientais. Hoje, o interesse crescente pelas receitas asiáticas, a praticidade das compras pela internet e a disponibilidade desses produtos nas delicatéssens e supermercados do Estado facilita o trabalho dos chefs e inspira criações que fogem à mesmice.

Sanduíche Banh Mi do Rigonito, em Jardim da Penha, é releitura de um clássico vietnamita
Foto:Adessandro Reis/Divulgação
Sanduíche Banh Mi do Rigonito, em Jardim da Penha, é releitura de um clássico vietnamita

De influência vietnamita, o Banh Mi Sandwich é destaque na lanchonete Rigonito, em Jardim da Penha, Vitória. O sanduba vem com carne de porco empanada, picles de vegetais, maionese de limão e folhas de coentro. Já o Franguinho Satay, como o nome entrega, chama atenção pelo molho de amendoim típico de países como Vietnã, Tailândia e Indonésia.

Desde 2010, o restaurante Soeta, na Praia do Canto, abre a cozinha para os sabores orientais. "Parte dessa influência veio do El Bulli, onde trabalhamos com Ferran Adrià. Antes de a Ásia virar tendência gastronômica, ele já pesquisava e usava produtos asiáticos", conta o chef Pablo Pavón, que assina o menu com Bárbara Verzola.

> Rooftops chegam a Vitória para agitar os finais de tarde do capixaba

Entre as criações da dupla, há um temaki nada convencional, enrolado com folha de capuchinha e recheado com barriga suína ao molho teriyaki com caldo de porco.

Temaki de barriga de porco do restaurante Soeta é enrolado com folha de capuchinha
Foto:Gabriel Lordello/Divulgação
Temaki de barriga de porco do restaurante Soeta é enrolado com folha de capuchinha

SERVIÇO

Tobayo Asian Food

Desde a chegada do inverno, a casa oferece um cardápio exclusivo com 5 opções do prato: Missô Lámen (a partir de R$ 28) – o mais encorpado, feito com caldo de frango e temperado com pasta de soja fermentada; Shiô (a partir de R$ 22), de caldo de frango e temperado com sal e molho soja branco; Tonkotsu (a partir de R$ 26), de caldo de porco; Shoyu (a partir de R$ 25), feito com caldo de frango e molho shoyu; e Vegetariano (a partir de R$ 21), com caldo à base de legumes. São 2 tamanhos do prato: small size e individual (bastante farto). O menu degustação com os 5 lámens sai a R$ 45 por pessoa.

Horários e endereço: Os lámens são servidos de terça a sexta, das 18h às 22h, e aos sábados, das 11h às 15h. No Hortomercado: Rua Licínio dos Santos Conte, 51, Praia do Suá, Vitória. (27) 3024-0605.

Japa San 2GO (Vila Velha)

Famoso pelos combinados de sushi e sashimi, o restaurante incluiu lámen no cardápio há menos de um mês. São 2 tipos: Shoyu (R$ 44, individual) e Missô (R$ 48, individual), ambos com caldo à base de porco e macarrão feito na casa. Os acompanhamentos de cada um são ovo cozido, barriga de porco finamente fatiada, broto de feijão, alga nori e temperos verdes.

Horários e endereço: De terça a domingo, das 18h às 23h30. Rua 15 de novembro, 535, Praia da Costa, Vila Velha. (27) 3535-4004.

Gol Burger

Inspirado em uma receita de asinha desossada, empanada e frita, servida com molho agridoce picante, o franguinho japonês do Gol Burger é um dos especiais da semana, disponível de sexta (23) até 1º de setembro. Cozidas na pressão sem a adição de líquidos, as asas são temperadas com alho, gengibre, shoyu, óleo de gergelim, pimenta e bastante cebolinha verde. Assim que esfriam, são parcialmente desossadas e envolvidas em um molho agridoce picante à base de catchup, saquê, óleo de gergelim, molho de pimenta tailandês e outros temperos. A ideia é comer com as mãos e se lambuzar. Quanto: 19,90 a porção com seis unidades.

Horários e endereços: De domingo a quinta, das 18h às 23h. Sexta e sábado, das 18h às 23h30. Rua 15 de novembro, 603, Praia da Costa, Vila Velha. (27) 3329-3348.

Pork bun é um sanduíche de pão chinês assado no vapor servido no restaurante Cosmô
Foto:Ari Oliveira/Divulgação
Pork bun é um sanduíche de pão chinês assado no vapor servido no restaurante Cosmô

Cosmô Restaurante

Pork Bun foi o primeiro grande sucesso do Momofuku Noodle Bar, famoso restaurante do chef americano de família coreana e popstar da gastronomia David Chang. O sanduíche de pãozinho chinês no vapor (bao) recheado com barriga de porco cozida lentamente, hoisin (molho agridoce chinês), pepino e cebolinha chegou a Vitória em uma versão do chef Harum Katharian, do Cosmô. A textura macia do pãozinho, que desmancha na boca, a crocância dos legumes (Harum usa cebola roxa) e a complexidade de sabores do molho fazem do bao uma boa pedida de entrada (R$ 25, (individual).

Horários e endereço: Jantar de terça a sábado, das 19h à 0h30. Rua Madeira de Freitas, 244, Via Cruzeiro Mall, Praia do Canto, Vitória. (27) 99942-7088.

Soeta Restaurante

Além do temaki de barriga de porco enrolado com folha de capuchinha e recheado com arroz de sushi, pasta de wasabi, pó de alga nori, cebolinha e barriga de porco com teriyaki (R$ 18, com duas unidades), o restaurante Soeta flerta com a cozinha tailandesa em um de seus pratos mais pedidos: lagosta com molho thai levemente picante e espaguete de legumes salteados com gergelim e gengibre (R$ 97,80, individual).

Horários e endereço: Jantar às terças e quartas, das 19h30 às 22h30, e de quinta a sábado, até 23h30. Rua Desembargador Sampaio, 332, Praia do Canto, Vitória. (27) 3026-4433.

Rigonito Sanduíches Artesanais

A sanduicheria trouxe influências do Sudeste Asiático para duas de suas criações. Indonésia, Tailândia e Vietnã encontram-se no Bahn Mi Sandwich (brioche; sobrepaleta suína empanada com panko; picles de pepino, cenoura e rabanete; coentro fresco; maionese de limão/ R$ 23). O Franguinho Satay (R$ 23), no brioche com sobrecoxa de frango empanada, alface, tomate, cebola roxa e molho satay (composto essencialmente de amendoim, gengibre e pimenta), é outro exemplar com sabores dessa região.

Horários e endereço: Diariamente, das 18h às 23h. Rua Eugenílio Ramos, 665, Jardim da Penha, Vitória. (27) 3019-2222.

Camarão thai é uma entrada com toque oriental do restaurante Aleixo
Foto:Jonathan Erlaches/Divulgação
Camarão thai é uma entrada com toque oriental do restaurante Aleixo

Aleixo Restaurante

Camarão, coco, farinha panko e curry são elementos que trazem um pedaço da Ásia para o cardápio do chef Jonathan Erlaches. O toque oriental fica por conta do Camarão Thai – entrada com cinco camarões VG (empanados com panko e coco seco) servidos sobre molho tailandês à base de leite de coco e especiarias (R$ 69).

Horários e endereço: De segunda a quinta, das 12h às 15h e das 19h às 23h30. Rua Aleixo Netto, 1204, Praia do Canto, Vitória. (27) 3322-7400.

GLOSSÁRIO

Lámen (ou Rámen)

Macarrão de origem chinesa servido em tigela com caldo quente e acompanhamentos. Prato popular do Japão, onde é chamado de rámen.

Asinhas de frango ao estilo japonês

Asinhas de frango fritas e besuntadas com molho agridoce picante estão entre os petiscos mais amados e consumidos pelos japoneses.

Bao (ou bun)

Pão chinês de massa com fermentação longa assado no vapor. Seu recheio mais comum é barriga de porco cozida e molho agridoce.

Banh mi

Sanduíche vietnamita preparado originalmente com baguete, patê, carnes desfiadas, vegetais, picles e bastante coentro fresco.

Temaki

Cone japonês enrolado com alga e geralmente recheado com peixe, o temaki tem no ES uma versão com capuchinha e barriga suína.

Compartilhe



Mais no Gazeta Online