Notícia

232 clubes europeus descartam participação em novo Mundial de Clubes

De acordo com o diário espanhol 'MARCA', a Associação de Clubes Europeus enviou um ofício para a Uefa rechaçando a participação no novo Mundial

Nesta sexta-feira, o Conselho da Fifa aprovou uma importante mudança no formato do Mundial de Clubes. O torneio passará a ser disputado de quatro em quatro anos e com 24 clubes. Entretanto, de acordo com o diário espanhol 'MARCA', os clubes europeus não irão participar da competição.

Troféu do Mundial de Clubes da FIFA
Troféu do Mundial de Clubes da FIFA
Foto: Divulgação

A primeira edição será organizada em junho e julho de 2021, em local a ser definido, ocupando a janela deixada pela Copa das Confederações no calendário mundial.

Segundo as informações do jornal, a Associação Europeia de Clubes (ECA) enviou uma carta para a Uefa para informar que nenhum de seus 232 clubes estão dispostos a fazer parte da competição aprovada pela Fifa.

A carta enviada a maior entidade do futebol europeu foi assinada por presidentes e vice-presidentes dos clubes, incluindo os gigantes Real Madrid, Barcelona, Bayern de Munique, Juventus, Paris Saint-Germain e Manchester United.

> Copa do Mundo de 2022, no Catar, está mais perto de ter 48 seleções

- Estamos firmemente contra qualquer aprovação potencial de um Mundial de Clubes reformulado neste momento e confirmamos que nenhum clube da ECA participaria de tal competição - diz o texto enviado à Uefa, segundo o jornal.

Com isso, as equipes pedem que a Fifa volte atrás na decisão tomada nesta sexta-feira, devido ao conflito de calendário e cronograma das competições e ao fator dos clubes não terem sido consultados para tal feito da entidade.

Ver comentários