Notícia

Mãe de acusada diz que jogador Daniel foi culpado pela própria morte

Mãe de Cristiana Brittes, esposa de Edison Brittes, afirmou que sua filha é vitima. O pai da acusada disse que se Daniel fosse seu filho teria outra criação

Cristiana Brittes está envolvida na morte do jogador Daniel
Cristiana Brittes está envolvida na morte do jogador Daniel
Foto: Reprodução

A mãe de Cristiana Brittes, esposa de Edison Brittes, que confessou ter assassinado o jogador Daniel, afirmou à justiça em depoimento, divulgado pelo 'Uol Esportes', que o jogador é culpado pela própria morte e por ter 'acabado com a família dela'. Gessi Rodrigues se referiu ao fato de Daniel ter deitado na cama de Cristiana e ter feito fotos com ela dormindo.

Edison Brittes, suspeito de assassinar Daniel, e a esposa Cris Brittes, com a filha ao meio
Edison Brittes, suspeito de assassinar Daniel, e a esposa Cris Brittes, com a filha ao meio
Foto: Reprodução/Internet

- Sinto muito pela família dele, mas ele é o culpado. Essa brincadeira acabou com a minha família - respondeu a mãe de Cristiana, que completou.

- Eu entendo que ela é uma vítima. Culpado é quem foi provocar, se deitar na cama com ela. Tinha banheiro lá fora. Não tinha que ter ido lá dentro do quarto. O que aconteceu foi uma fatalidade, aconteceu porque foi provocado, ninguém foi atrás - concluiu.

O pai da acusada no processo também se posicionou em defesa da filha e disse ainda que se Daniel fosse seu filho teria uma educação diferente.

- Peço perdão para mãe do Daniel, mas se fosse meu filho, tinha passado outro tipo de educação: 'meu filho, nunca vá na cama de uma mulher casada, pois você pode ter problemas - disse.

Ver comentários