Notícia

Time capixaba vai disputar pela primeira vez a Ligay

Meninos do time Capixabas vão para Brasília em maior campeonato de futebol gay do Brasil

Capixabas, time de futebol do ES que vai participar da Ligay, competição nacional de futebol gay
Capixabas, time de futebol do ES que vai participar da Ligay, competição nacional de futebol gay
Foto: Carlos Alberto Silva

Único time do Espírito Santo inscrito na Ligay, competição nacional de futebol gay, os "Capixabas" estão em ritmo intenso nos últimos dias que antecedem ao campeonato, que será disputado em Brasília, nos dias 19 e 20 deste mês.

Com pouco mais de um ano de fundação, os Capixabas farão sua estreia na Ligay e querem provar que podem surpreender. Apesar do pouco tempo de formação e de não ter times gays para jogarem contra no Estado, eles buscaram aperfeiçoar os fundamentos aumentando a carga de treinos junto de um treinador, que como os próprios atletas comentam, fez toda diferença.

> Respeito, tolerância e equipe afeminada campeã marcam a Champions Ligay

"No início o futebol era uma forma de a gente se reunir, confraternizar, se divertir. Com o passar do tempo foi ficando mais sério, e quando decidimos participar de campeonatos procuramos um treinador, que tem nos ajudado muito. Fomos aprimorando as técnicas e passamos a treinar nas terças e domingos. Já estamos bem mais entrosados e preparados para a Ligay", disse o vendedor Maicon Rodrigues, de 24 anos.

O treinador Wagner Viana, de 25 anos, está no comando da equipe Capixabas desde o final do ano passado, quando os atletas disputaram uma competição dos times do Sudeste. De lá para cá, o técnico conseguiu perceber uma evolução significativa no time.

"No início era só um bate bola, eles não tinham muita noção do esporte em si. Participamos da Copa Sudeste e eles se empolgaram. E eu comecei a fazer a preparação física, técnica e tática deles. Treinamos nas terças à noite e nos domingos de manhã, para acostumarem com o sol e calor, já que a Ligay será em Brasília, cidade muito quente", explica o treinador que acrescenta.

"Geralmente o público gay não tem o costume de jogar bola desde criança. O gay, na maioria das vezes, começa tardiamente, então eles precisam ganhar experiência no esporte e estão entendendo o futebol jogando. Mas eu já notei muita evolução e estou muito confiante nos meus atletas. Teremos três jogos no primeiro dia até chegar às finais. Acredito que podemos passar sim", completa Wagner.

Treinos ficam mais puxados

Capixabas, time de futebol do ES que vai participar da Ligay, competição nacional de futebol gay
Capixabas, time de futebol do ES que vai participar da Ligay, competição nacional de futebol gay
Foto: Carlos Alberto Silva

 

 

Para conseguir ganhar mais ritmo de jogo, o Capixabas está participando de um campeonato com mais onze times, mas nenhum deles é declarado gay. Fato que não intimidou os meninos, pelo contrário, os deixou animados por terem mais desafios para se preparem para a Ligay.

"Quando fomos convidados para participar dessa competição ficamos um pouco receosos, mas depois vimos que podemos jogar de igual para igual. Sua opção sexual não diz se você pode ou não jogar futebol. Todos podemos e isso que vamos fazer. Jogar aqui no Estado com times mais experientes vai ser muito bom para nossa preparação. Acredito que vamos chegar na Ligay mais preparados, com mais entrosamento e prontos para fazermos nosso melhor e quem sabe não trazer esse título pra cá", comenta o zagueiro Diego Café. Diego, que está no time desde o começo.

"Eu entrei para o time no ano passado, bem no início. Fui vendo nossa equipe ganhando novos integrantes e ficando cada vez mais motivada. Ganhamos visibilidade e estamos muito empenhados. A gente não tem patrocínio, apoio. Uma pessoas nos ajudou com material esportivo, mas na viagem para Brasília, nós vamos ter que arcar com os custos e não é barato. Mas todo mundo tem se esforçado muito em prol do nosso time. A gente quer vencer", acrescenta Diogo.

A Ligay contará com 24 equipes. Será disputada em dois dias em Brasília. No dia 19 acontece três jogos para cada equipe. Quem passar segue paras quartas, semi e a grande final, a ser realizada no dia 20 de abril.

Ver comentários