Notícia

Alunos do Ifes de Nova Venécia agradecem a doação de Richarlison

Doação de R$ 49 mil do atacante capixaba vai permitir que estudantes participem da Olimpíada Internacional de Matemática da Ásia

Da esquerda para a direita, em pé: João Pedro Cerutti Fialho, Kaio Cypriano Callegari, Guilherme de Angelo Bastianello, Murilo Calegari Souza, Ana Carolina Basoni Bernardino e Gabriel de Souza Araujo. Em baixo, da esquerda para a direita: Guilherme dos Santos Boldt e Gabriel Bastianello Lima. Para completar o time há ainda: Aline Dalarme Gomes Galvão, Kaylane Zuqueto da Silva e Rhayssa Assis dos Santos Durães.
Da esquerda para a direita, em pé: João Pedro Cerutti Fialho, Kaio Cypriano Callegari, Guilherme de Angelo Bastianello, Murilo Calegari Souza, Ana Carolina Basoni Bernardino e Gabriel de Souza Araujo. Em baixo, da esquerda para a direita: Guilherme dos Santos Boldt e Gabriel Bastianello Lima. Para completar o time há ainda: Aline Dalarme Gomes Galvão, Kaylane Zuqueto da Silva e Rhayssa Assis dos Santos Durães.
Foto: Divulgação | Ifes Nova Venécia

As aulas não param, mas o assunto que domina as salas do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) de Nova Venécia é apenas um: a doação de R$ 49 mil do atacante Richarlison, que permitirá a participação do instituto na Olimpíada Internacional de Matemática da Ásia. Nesta quarta-feira (12), os alunos se reuniram e escreveram uma mensagem de agradecimento ao jogador da Seleção Brasileira.

“Caro Richarlison,

A turma V17, do Instituto Federal do Espírito Santo – Campus Nova Venécia, agradece imensamente a sua contribuição, que nos permitirá a presença de nossa equipe na Olimpíada Internacional de Matemática da Ásia (Aimo). A participação veneciana nesse evento representa uma honra ao nosso município e é uma oportunidade única para nós.

O nosso orgulho por você não é só pelo seu destaque em campo, mas se estende por todas essas ações que proporcionam um retorno imensurável para a cidade. Esperamos que essa oportunidade permita expandir nossos horizontes acadêmicos e inspirar muitos outros estudantes, como nós, a se dedicarem ao progresso da educação brasileira” 

 

Richarlison comemora gol no amistoso entre Brasil e Catar
Richarlison comemora gol no amistoso entre Brasil e Catar
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

A doação de Richarlison, que é nascido na cidade do Noroeste do Estado, aconteceu nessa terça-feira (11), após a mobilização dos alunos nas redes sociais. Apenas poucas horas antes, durante a manhã, eles tinham sido informados do convite para a competição asiática e de que só seria possível participar se o instituto conseguisse arrecadar o valor necessário.

“Eu estava na aula de filosofia quando vi a notificação no meu celular. Sem querer, dei um grito e todo mundo na sala deu um pulo. Todo mundo ficou muito animado. A gente tinha esperança de que poderia dar certo, mas ficarmos surpresos pela rapidez com que tudo aconteceu”, contou a aluna Ana Carolina Basoni Bernardino, que teve a postagem respondida pelo jogador.

AJUDA ESSENCIAL

Até a ajuda do atacante Richarlison, o Ifes de Nova Venécia havia arrecadado apenas R$ 1 mil. Para participar da Olimpíada Internacional de Matemática da Ásia (Aimo), porém, seria necessário enviar, ao menos, três alunos e um professor – o que representaria um gasto estimado de R$ 50 mil, entre deslocamentos e taxa de inscrição, que já inclui a hospedagem e a estadia.

“Desconheço algum campus que tenha conseguido participar dessa competição apenas com recursos próprios. Como não temos grandes empresas por aqui, os nossos alunos se mobilizaram dessa forma. A prima dele, que foi aluna do Ifes de Nova Venécia, foi quem fez o contato comigo por telefone”, explicou o professor José Gleydson Camata.

A OLIMPÍADA

Alunos do Ifes de Nova Venécia durante a Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras, que garantiu o convite para a competição na Ásia
Alunos do Ifes de Nova Venécia durante a Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras, que garantiu o convite para a competição na Ásia
Foto: Divulgação | Ifes Nova Venécia

Docente de matemática, José será o responsável pelos alunos em Taiwan, entre os dias 3 e 7 de agosto. O convite para participar da competição asiática veio após a medalha de ouro inédita conquistada em abril, na Olimpíada Internacional de Matemática Sem Fronteiras. Ao todo, 11 alunos conquistaram o primeiro lugar na prova em grupo.

Por enquanto, por causa do valor arrecado, vão apenas três desses “experts” em matemática. Como a prova em Taiwan será individual e em inglês, foram escolhidos, pelos colegas, aqueles que possuem maior domínio da língua inglesa. A esperança, porém, é que o instituto consiga arrecadar os R$ 100 mil restantes para que todos possam participar.

PARA VOCÊ AJUDAR TAMBÉM

Quem quiser colaborar com a ida dos alunos do Ifes de Nova Venécia para a Olimpíada de Matemática na Ásia basta entrar em contato ou com José Gleydson Camata ou com Clariana Silva, os dois professores de matemática que estão à frente dessa empreitada. Respectivamente, os e-mails são: [email protected] e [email protected]

Ver comentários