Notícia

Justiça Desportiva nega pedido do Rio Branco e Real é mantido na final

Com a negação, o Real Noroeste está confirmado na decisão do Capixabão diante do Vitória. Primeira partida da final acontece neste sábado, no Kleber Andrade

João Paulo conduz a bola no jogo entre Rio Branco e Real Noroeste
João Paulo conduz a bola no jogo entre Rio Branco e Real Noroeste
Foto: Dani Pasti

O Tribunal de Justiça Desportiva do Espírito Santo (TJD/ES) não acatou o pedido do Rio Branco para impugnar a partida de volta da semifinal do Campeonato Capixaba 2019, vencida pelo Real Noroeste, por 2 a 0, no último sábado, no estádio José Olímpio da Rocha, em Águia Branca. Dessa forma, os Merengues estão confirmados na decisão do Estadual, onde enfrentam o Vitória.

De acordo com o Rio Branco, a partida ocorreu de forma irregular. A diretoria capa-preta se queixa da ambulância designada para o jogo, que não atendia os requisitos básicos de uma UTI Móvel, como kit de primeiros socorros, giroflex em funcionamento, iluminação no compartimento do paciente e bateria própria.

Com a medida, o Rio Branco solicita a vitória por W.O e a classificação para a decisão diante do Vitória. O clube já adiantou que caso o pedido de impugnação da partida não for aceito pelo TJD, a Justiça Comum será acionada.

Campeonato Capixaba 2019

Com a decisão favorável ao Real Noroeste, os dois jogos da decisão do Estadual já tem datas, horários e locais definidos. Por ter feito a melhor campanha da primeira fase, os merengues têm a vantagem de decidir o título dentro dos seus domínios. Em caso de igualdade na soma dos resultados, o campeão será definido nas cobranças de pênaltis.

A partida de ida ocorre neste sábado, às 16h, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica; o confronto de volta acontece no dia 27 de abril (sábado), às 15h30, no estádio José Olímpio da Rocha, em Águia Branca.

Ver comentários