Notícia

Vitória vence clássico contra a Desportiva; veja rodada deste sábado

A sétima rodada da Copa Espírito Santo foi recheada de 1 a 0 no placar. Apenas o Real Noroeste goleou, fora de casa

Thauan garantiu o triunfo do Vitória diante da Desportiva
Thauan garantiu o triunfo do Vitória diante da Desportiva
Foto: Alberto Borém/Vitória

Com problemas de gols dos jogadores de frente, o Vitória foi ao mercado e trouxe o atacante Thauan, ex-Portuguesa. Até este sábado (21), o jogador não havia sequer entrado em campo, na Copa Espírito Santo 2019. Mas, no seu primeiro toque na bola, o jogador fez o gol que deu a vitória do Alvianil sobre a Desportiva Ferroviária, por 1 a 0, no Salvador Costa. 

O gol de Thauan saiu aos 27 minutos do segundo tempo, após cobrança de falta de Edinho. A defesa da Tiva parou no lance e o atacante apenas desviou de cabeça.

Com o triunfo, o Vitória chega aos 15 pontos, ultrapassa a Desportiva e assume a vice-liderança.

Rio Branco 1 x 0 Tupy

Com gol de Gleyson, o Rio Branco venceu o Tupy por 1 a 0, no Kleber Andrade, e se classifica para a próxima fase da Copa ES.

O Rio Branco derrotou o Tupy por 1 a 0
O Rio Branco derrotou o Tupy por 1 a 0
Foto: Suzana Rosseto/Rio Branco

Serra 0 x 1 Pinheiros

O único gol da vitória por 1 a 0 diante do Serra, na casa do adversário, aconteceu após uma falha geral da defesa do Serra. O zagueiro Marquinhos demorou a despachar a bola pra frente e dentro da área acabou perdendo-a para Wagnão Balotelli, que cortou a marcação de Marco Antônio e bateu rasteirinho, no contrapé do goleiro Walter.

O Serra perdeu para o Pinheiros em casa
O Serra perdeu para o Pinheiros em casa
Foto: Rafael Chaves/Serra


Vilavelhense 0 x 4 Real Noroeste

Com mais uma vitória, o Real Noroeste se aproxima de assegurar a primeira colocação geral da Copa Espírito Santo. Na tarde deste sábado, a vítima da vez foi o Vilavelhense. Jogando no estádio Gil Bernardes, em Vila Velha, o time de Águia Branca não deu chances e goleou o Vila, por 4 a 0.

Mesmo superior em campo, o Real abriu o placar apenas no fim do primeiro tempo. Após um cruzamento da esquerda, Waschington tentou fazer de letra, mas a bola sobrou para Warlisson marcar. Na etapa final, Warlisson recebeu de Warlei e tocou na saída de Juninho. Depois, o atacante retribuiu a assistência e deixou Warlei livre para driblar o goleiro e tocar para o fundo das redes. Antes do fim, Monga completou um cruzamento de Gabriel Júnior e deu números finais.

Ver comentários