Notícia

Ex-Desportiva, Rafael Soriano é o novo treinador do Espírito Santo

O técnico carioca de 32 anos vai comandar o Espírito Santo no Capixabão e na Série D do Campeonato Brasileiro

Seguindo a linha definida como modelo para comandar o Santão durante a reta final do Capixabão 2018 e a Série D do Campeonato Brasileiro, um técnico novo, mas com bagagem e perfil que se encaixe com o clube, o Espírito Santo anuncia o seu novo técnico: Rafael Soriano. O carioca de 32 anos concluiu recentemente o maior curso para treinadores, ministrado pela Confederação Brasileira de Futebol, a Licença A para treinadores.

Soriano migrou para o futebol capixaba em abril de 2017 para comandar a Desportiva Ferroviária, clube pelo qual passou as duas últimas temporadas, a frente do time de Jardim América na última Série D, na Copa Espírito Santo e também no Capixabão deste ano. O técnico exaltou a chance de trabalhar na Espírito Santo e estar à frente de mais uma equipe na quarta divisão do Brasileirão.

Foto: João Brito/ESFC

- Foi um prazer receber o convite de comandar a equipe, substituir o Cleiton que já vinha fazendo um bom trabalho, é sempre um desafio. A primeira impressão foi ótima, pois temos um grupo de qualidade, jogadores qualificados. Pude acompanhar o primeiro treinamento e pude perceber que é um grupo muito fechado, é isso mostra a força que tem, que realmente vem para brigar, não chegou atoa às semifinais. Espero dar sequência no trabalho que vinha sendo feito pelo Cleiton, já visando uma semifinal, consequentemente o Brasileiro... a minha primeira impressão foi ótima, pois vi um grupo qualificado, com ambiente muito familiar, o que me agradou muito.

O técnico assume o Santão em meio à semana de semifinal do Capixabão 2018, duelo que já começa no próximo sábado, às 16h10, no estádio Kleber Andrade, contra o Real Noroeste. Como já estava disputando o Capixabão 2018, Soriano já está adaptado ao campeonato e também enfrentou os merengues na competição. O técnico encara como positiva este conhecimento prévio sobre o rival.

- Enfrentei o Real pela Desportiva, a própria equipe do Espírito Santo venceu o Real, mas foi logo no início, na segunda rodada. De lá para cá o time deles mudou bastante, teve um crescimento muito grande, chegou brigando pela liderança até o final, não chegou atoa nessa segunda fase. Temos conhecimento do adversário, sabemos de sua competitividade e qualidade. Junto com os jogadores que jogaram contra eles, vamos procurar orientá-los da melhor forma para fazermos dois grandes jogos.

Rafael Soriano chega também com sua comissão técnica particular, formada pelo auxiliar André Kowisky e o analista de desempenho Rafael Cabral.

Ver comentários