Notícia

CT em Jacaraípe, na Serra, volta a ser a casa dos treinos do Rio Branco

Presidente capa-preta busca parceiros para melhorar o gramado e construir alojamentos no novo local de treinamentos

CT do Rio Branco, em Portal de Jacaraípe, na Serra, em 2017
CT do Rio Branco, em Portal de Jacaraípe, na Serra, em 2017
Foto: Sidney Novo/Globo Esporte

Esta semana foi de reencontro para o Rio Branco. O time voltou a usar o CT do bairro Portal de Jacaraípe, na Serra, que é de posse do clube, mas que possui pendências judiciais com a Prefeitura do município.

Em 2014, a Prefeitura da Serra ingressou na Justiça para tentar reaver a área que havia sido doada ao clube em 1993, alegando que o Rio Branco não tinha cumprido a contrapartida de construir um CT e uma sede social no local. Porém, na época, a diretoria capa-preta provou que a área estava sendo utilizada pela base, pelo time de futebol americano e pela comunidade do bairro.

De acordo com o presidente Luciano Mendonça, a situação é "causa ganha" para o clube, que pretende fazer investimentos no local para deixar de ter gastos com algo que não é seu. No terreno de aproximadamente 60 mil m² tem dois campos de futebol e duas estruturas.

> Quiz: teste seu conhecimento sobre Vitória e Serra na Série D

CT do Rio Branco, em Portal de Jacaraípe, na Serra
CT do Rio Branco, em Portal de Jacaraípe, na Serra
Foto: Rio Branco/Divulgação

"A posse nunca deixou de ser nossa. Estamos passando dificuldades com local de treino, gastando dinheiro para treinar em outros lugares e fazendo melhorias no campo dos outros, ou até pagando aluguel de campo. Se tivéssemos investido tudo o que foi gasto, nesse campo (de Portal de Jacaraípe) ele estaria bom agora. O Rio Branco não perde aquela causa, porque o município da Serra até tentou reaver aquele terreno, mas já estava prescrito o prazo. Juridicamente é causa ganha, nossa. Só que fica nesse imbróglio, eles perdem e recorrem, perdem e recorrem."

Inicialmente, o local está sendo utilizado pelo time sub-20, mas deve receber também os treinos da equipe profissional, que disputa a partir de agosto a Copa Espírito Santo. Luciano Mendonça afirmou que o clube busca parceiros para fazer melhorias no gramado, além de construir alojamentos e vestiários.

O gramado não está em melhores condições, mas a nossa intenção é utilizar do jeito que está ali, ir conseguindo parceiros e ir melhorando. Queremos construir alojamentos e vestiários no terreno
Luciano Mendonça - presidente do Rio Branco

"Vamos buscar parcerias com: empresas de adubo, fertilizantes, e um engenheiro agrônomo; com serralheria, para colocar alambrados em volta do campo todo, porque aí os jogos do sub-20 já podem ser lá; e com uma construtora para fazer os alojamentos e os vestiários."

> Richarlison vai ajudar turma do Ifes a participar de olimpíada matemática

O mandatário também detalhou como deve ser negociação com esses possíveis parceiros para que o CT alvinegro consiga ter melhores condições de uso em pouco tempo. "Será tudo em troca de patrocínios, tanto na área, que é nobre e dá pra colocar bastante out-dor, bastante propaganda, quanto no Kleber Andrade, com as placas de publicidade e no uniforme do time".

Copa Espírito Santo 2019

A fórmula de disputa será pela primeira vez a mesma do Capixabão, com os 10 times se enfrentando em turno único na primeira fase, com os 8 melhores avançando para as quartas de final, em sistema de mata-mata, com jogos de ida e volta. A Copa ES tem início previsto para o dia 10 de agosto e a grande final deve acontecer no dia 16 de novembro.

Ver comentários