Notícia

Desfigurado, Fluminense chega aos Estados Unidos de olho no mercado brasileiro

Delegação tricolor desembarca em Orlando para disputa da Florida Cup com 26 atletas, dirigentes, mas sem principais nomes do elenco em 2017. Abel só tem um meia em mãos

O Fluminense desembarca em Orlando nesta manhã para o primeiro desafio da temporada: a Florida Cup. O torneio é preparativo, mas a comissão vai completa: Abel Braga, Paulo Autuori, Pedro Abad e as três cores da camisa. O que falta, na verdade, são os talentos em campo. A equipe inicia o ano desfigurada e se os pés estão nos Estados Unidos, a cabeça da diretoria está no mercado do futebol brasileiro.

Com o elenco que Abel tem em mãos, hoje, será difícil alternar estratégias nos jogos internacionais. A saída de nomes como Wellington, Wendel e o sumiço de Gustavo Scarpa impedem que o setor de criação se modifique. Como Lucas Fernandes não viajou por conta do visto e Luquinhas foi cortado por lesão muscular, o único meia ofensivo é Sornoza. Vale lembrar que o garoto Robert foi dispensado no fim de dezembro.

Por isso, Autuori mapeia o mercado nacional e inicia os primeiros contatos por reforços. A possível venda de Henrique Dourado deixa o clube alerta e a busca por um substituto é prioridade. No entanto, antes de propostas oficiais, a diretoria planeja quitar as dívidas com elenco até o fim de janeiro.

Assim, o Fluminense pisa em solo norte-americano já pensando na volta ao Brasil. Confira abaixo ou ao lado as movimentações que a diretoria pretende fazer nos próximos dias:

Camisa 9
Corinthians se interessa pelo atacante Henrique Dourado e as diretorias conversarão em Orlando. Mesmo com a intenção de manter o atacante, Paulo Autuori já pensa em nomes para o setor. Além do artilheiro, o clube conta com os garotos Pedro e Felipe na posição.

Anúncios próximos
Os primeiros reforços da equipe ainda não foram oficializados, mas já viajaram com a delegação para Florida Cup. O lateral Gilberto e o volante Jadson devem estrear nesta sexta e podem ser anunciados hoje com a abertura da janela de transferências internacionais.

Criação
A contratação de um meia é prioridade. Abel só terá Sornoza para o setor de criação durante o torneio. Autuori avalia se Lucas Fernandes e Luquinhas serão utilizados durante o ano e conta com retorno financeira na venda de Scarpa para avançar no mercado

Liderança
Com as saídas de Cavalieri, Henrique e possivelmente Scarpa, a comissão entende que é preciso contratar um jogador 'cascudo' para se tornar um dos líderes do elenco. Abel, inclusive, reforçou desejo ao garantir a permanência no clube, em dezembro