Notícia

É ouro! Rafaela Silva vence por ippon e é campeã no GP de Budapeste

Judoca brasileira superou a alemã Theresa Stoll e garantiu a medalha na categoria -57kg; este é o primeiro ouro de Rafaela desde as Olimpíadas Rio2016

O GP de Budapeste começou apenas nesta sexta-feira, mas o dia já trouxe enormes alegrias ao judô brasileiro. Campeã olímpica na Rio2016, Rafaela Silva venceu a alemã Theresa Stoll por ippon e garantiu a medalha de ouro na disputa. O título da categoria -57kg é a primeira glória internacional da atleta desde a última edição dos Jogos.

Na fase preliminar, Rafaela venceu todas as suas lutas por ippon. A primeira adversária a ser derrotada pela brasileira foi a americana Leilani Akiyama; posteriormente, a judoca superou a polonesa Julia Kowalczyk e a canadense Christa Deguchi (esta vinha de 26 vitórias consecutivas no Circuito Mundial).

Já na semifinal, a atleta brasleira triunfou por waza-ari sobre a húngara Hedvig Karakas (HUN), garantindo o avanço à sua primeira decisão no ano de 2018. Com a medalha conquistada na grande final, Rafaela ganhou 700 pontos, o que deve melhorar a sua colocação no ranking mundial - atualmente, ela se encontra na 14ª posição.

Brasileiros não avançam à disputa por medalhas
Além de Rafaela, o tatame em Budapeste recebeu outros quatro brasileiros, mas nenhum deles chegou à fase de disputas por medalhas.

Na mesma categoria de Rafaela, -57kg, a judoca Kamila Silva venceu Viktoria Majorosova por ippon, mas acabou sendo superada por Mariia Skora nas oitavas de final. Já Nathália Brígida (-48kg) venceu Laura Abelenda por waza-ari, mas parou no waza-ari sofrido pela campeã olímpica Paula Pareto.

No lado masculino da disputa, Raphael Miaque (-60kg) sofreu ippon e parou na disputa com Alon Rahima logo na primeira luta. Diego Santos (-66kg), por sua vez, superou Alaa El Idrissi e Dzmitry Minkou, mas caiu nas oitavas de final para o irlandês Nathon Burns.

Grand Prix de Budapeste retorna nesta sábado
Ainda restam dois dias de disputa no GP de Budapeste, que retorna na manhã deste sábado com brasileiros no tatame. O país será representado por outros sete judocas na briga por medalhas: Yanka Pascoalino (-63kg), Ellen Santana e Amanda Oliveira (-70kg), Marcelo Contini e Lincoln Neves (-73kg), Leandro Guilheiro e João Pedro Macedo (-81kg).