Notícia

Tiro Esportivo: brasileiro conquista ouro na pistola de fogo central

Julio Almeida terminou a prova com 591 pontos e ficou com a medalha de ouro no torneio<br>

No penúltimo dia de competições do Campeonato Mundial de Tiro Esportivo, realizado em Changwon, na Coréia do Sul, o Brasil conseguiu uma medalha dourada. Na madrugada desta quinta-feira, na prova da pistola de fogo central, Julio Almeida somou 591 pontos e faturou o primeiro lugar. José Carlos Batista foi o 20º e Philipe Chateaubrian ficou na 42ª posição.

A prova consistia em três séries de 10 disparos, que eram classificados de 0 a 10. Julio conseguiu a nota máxima em 27 das 30 tentativas que fez. A segunda colocação foi do alemão Christian Reitz, atual campeão olímpico da prova, com o total de 588 pontos, seguido pelo ucraniano Pavlo Korostylov, com 586.

- Hoje, me tornei o primeiro brasileiro a ser campeão mundial individual de Tiro Esportivo. Fiz 591 pontos na prova de Fogo Central, realizada na cidade de Changwon (Coreia do Sul). O resultado ainda foi recorde Panamericano e Sulamericano. Estou muito feliz, venho praticando este esporte como hobby há 30 anos e o coloquei como uma das minhas prioridades onze anos atrás quando me classifiquei pra minha primeira Olimpíada. Agradeço à minha esposa Renata e meus filhos, Ricardo, Paula e Laura todo o apoio e paciência que eles me tem dispensado, ao COB e a Confederação Brasileira de Tiro Esportivo pela oportunidade de estar aqui disputando esta competição, ao meu treinador Bernardo Tobar pela sabedoria e incentivo, e a todos aqueles que em algum momento me apoiaram e torceram por mim - comentou Julio.

O resultado obtido pelo brasileiro ainda estabelece novos recordes da América (Sanderson - USA, 588 pontos) e Sul-Americano (Julio e Duarte - ambos do Brasil, 589 pontos).