Notícia

Brasileiras avançam à final inédita do trampolim sincronizado na Rússia

As ginastas Camilla e Alice Gomes vão competir pelo ouro no Mundial de Ginástica de Trampolim, em São Petersburgo. Disputa de medalhas será na próxima sexta-feira

O Brasil conseguiu, nesta quinta-feira, mais um feito inédito no Campeonato Mundial de Ginástica de Trampolim, em São Petersburgo, na Rússia. Camilla Gomes e Alice Gomes formam a primeira dupla brasileira na história da competição a chegar à uma final. Na etapa qualificatória, as duas terminaram em oitavo lugar e avançaram para a disputa de medalhas, na próxima sexta-feira, a partir das 12h20 (horário de Brasília).

Na primeira rotina, Camilla e Alice não foram tão bem e tiveram a nota de 38.300. Na segunda apresentação tiveram melhor desempenho e tiraram 46.100, pontuação suficiente para garantir a classificação.

A treinadora e coordenadora das Seleções de Trampolim da CBG (Confederação Brasileira de Ginástica), Tatiana Figueiredo, está confiante que Camila e Alice poderão alcançar um resultado ainda melhor na final.

– Estamos muito felizes com os resultados alcançados. As meninas estão confiantes para a final amanhã. Elas são atletas muito competitivas e tem séries livres fortes, tanto no trampolim sincronizado, como no trampolim individual. A duas estão confiantes e muito motivadas para as finais e semifinais do individual – disse Tatiana.

A outra dupla brasileira na competição, formada por Ingrid Maior e Lorrane Sampaio, terminou em 15º lugar.