Notícia

MVP do Jogo das Estrelas, Jefferson encara vaias como uma motivação

Por ser jogador de Bauru, ala sofreu com a 'marcação' da torcida durante toda a partida, mas elogia clima criado em Franca e organização do evento pelo NBB

Um fato inusitado marcou a apresentação dos jogadores titulares do NBB Brasil no Jogo das Estrelas. No evento realizado neste sábado, no Ginásio Pedrocão, em Franca, quatro dos cinco atletas que inciaram a partida foram vaiados pela torcida. Um deles foi Jefferson, atleta do Bauru, que liderou a vitória do time brasileiro e ganhou o troféu de melhor jogador do duelo.

- É um ponto positivo (a torcida vaiar), isso só valoriza o meu trabalho. Se eu sou vaiado, quer dizer que eu incomodo, que eu estou fazendo a diferença. Fui vaiado durante o jogo, mas a torcida mostra um carinho por mim fora de quadra, isso faz parte. Tenho um respeito muito grande pela torcida de Franca, adoro vir aqui, sou sempre muito respeitado. Bola para frente, é comemorar com meu clube e minha família lá em Bauru, isso vai ficar guardado para o resto da minha vida - afirmou.

Se a intenção dos torcedores no Pedrocão era atrapalhar o desempenho de Jefferson em quadra, o resultado foi justamente o contrário. De acordo com o atleta, as vaias apenas serviram como uma forma de motivação para uma atuação acima da média: 27 pontos, 11 rebotes e 2 assistências.

- Só me motivou, isso fez com que eu me concentrasse cada vez mais durante a partida, no torneio de três pontos. Isso me fortaleceu, foi uma experiência fora do comum do que a gente está acostumado no dia a dia, você arremessar 25 bolas com você, a cesta e a torcida, é uma coisa diferente. Graças a Deus, consegui passar por esse momento de dificuldade e tive a concentração para fazer um bom trabalho - completou.