Notícia

Final da Taça Brasil é remarcada para 25 de agosto após tragédia

Atlântico a Carlos Barbosa entram em acordo com a CBFS para reagendar a decisão, que havia sido adiada para esta terça, após o assassinato do pivô Douglas Nunes, do Alvinegro

A decisão da Taça Brasil de futsal, que aconteceria nesta terça-feira, entre Atlântico e Carlos Barbosa, em Erechim (RS), foi novamente adiada, devido à morte do pivô corintiano Douglas Nunes, no último sábado. Após um acordo entre os finalistas e a Confederação Brasileira de Futebol de Salão (CBFS), o duelo será realizado no dia 25 de agosto, às 14h, no ginásio do CER Atlântico.

A final estava prevista para domingo, mas a tragédia, que ocorreu horas após o Corinthians ser eliminado na semifinal pelo Atlântico, levou a organização a reagendar o confronto para dois dias depois. Os envolvidos concordaram que o intervalo era curto.

De acordo com testemunhas, Douglas, que tinha passagens pela Seleção Brasileira, e outros jogadores teriam se envolvido em uma discussão dentro de uma boate na Avenida Sete de Setembro, na área central da cidade gaúcha. Na saída, um carro se aproximou e fez os disparos. Douglas foi o único atingido e não resistiu aos ferimentos.

Na tarde de domingo, Ricardo Jean Rodrigues, o autor dos disparos, se entregou à polícia de Erechim. Ele já havia sido preso por tráfico de drogas e estava em prisão domiciliar.