Notícia

Isabel Swan é nomeada para a Comissão de Atletas Pan-Americana

Velejadora medalhista olímpica, com bronze em Pequim-2008, integra o grupo até 2027<br>

A Comissão de Atletas Pan-Americana anunciou a nomeação da velejadora Isabel Swan para integrar o grupo. A medalhista olímpica fica no grupo até 2027, com o objetivo de levar à Comissão as vozes dos demais atletas brasileiros, dentro do esporte como um todo nas Américas.

Isabel, que foi medalha de bronze na classe 470 ao lado de Fernanda Oliveira, nos Jogos Olímpicos de Pequim-2008, atualmente disputa a vaga para Tóquio-2020 ao lado de João Siemsen, na classe Nacra.

– Fiquei muito feliz com essa responsabilidade. Ao todos somos sete brasileiros. Sempre lutei tanto por uma maior representação dos atletas nas comissões, participei ativamente para que tivéssemos mais representatividade da assembleia geral do COB. Acredito muito que esse é o caminho, uma maior participação nossa, para que tenhamos uma boa gestão esportiva. E até pensando no pós-carreira, acho que a gente tem que saber, além da parte atlética, aprender sobre a parte administrativa do esporte, acho que a gente pode contribuir muito na transição de carreira – falou Isabel.

Outros atletas eleitos para a Comissão foram a canadense Melissa Humana-Paredes (vôlei de praia), a mexicana Paola Longoria (raquetebol), o brasileiro naturalizado americano Tony Azevedo (polo aquático) e o barbadense Âmbar Joseph (ciclismo).

Um total de 1.838 atletas votaram em cinco nomes entre os 13 candidatos indicados por seus respectivos Comitês Olímpicos Nacionais.

Os novos membros se juntam ao porto-riquenho Carlos Santiago (judô), Adriana Escobar (remo), de El Salvador, e Aliann Pompey (atletismo), da Guiana, que seguem na Comissão de Atletas até os Jogos Pan-Americanos de Santiago-2023. Os membros recém-eleitos atuarão pelo período de oito anos.