Notícia

Álvares e Saldanha fazem planos de voltar às disputas nacionais de basquete

Nova edição do NBB já começou e mais uma vez não terá nenhum time do Espírito Santo

Álvares derrotou o Saldanha na final da Copa ES de basquete
Álvares derrotou o Saldanha na final da Copa ES de basquete
Foto: Divulgação

No último dia 4 de novembro foi iniciada mais uma edição do Novo Basquete Brasil (NBB), que é principal competição brasileira da modalidade. E mais uma vez, assim como acontece desde 2014, nenhum time capixaba vai fazer parte da disputa. Um reflexo direto do momento ruim do basquete capixaba.

No entanto, se o cenário de anos atrás era apenas de lamentação, dois dos clube mais tradicionais do Estado voltaram a ter um pouco de otimismo quando o assunto é voltar a disputar uma competição nacional: os centenários Álvares Cabral e Saldanha da Gama.

Depois de retomar suas atividades no basquete adulto e conseguir o título da Copa Espírito Santo, o Álvares tem como meta consolidar sua reestruturação em 2018 e em 2019 fazer sua inscrição para disputar a Liga Ouro - que é a segunda divisão do basquete nacional.

Álvares derrotou o Saldanha na final da Copa ES de basquete
Álvares derrotou o Saldanha na final da Copa ES de basquete
Foto: Divulgação

Além das exigências técnicas, em relação a estrutura do time e do ginásio, uma das obrigações dos times participantes é ter um patrocínio de, no mínimo, R$ 500 mil para ser aceito na competição. De acordo com Marcos Tadeu, que é técnico do Álvares, o time já teve conversas com alguns possíveis investidores.

“Chegamos a pensar em disputar a Liga Ouro de 2018, mas já estava muito próximo e não teríamos tempo de atender todas as exigências. A maior parte das empresas já definiu o seu orçamento para 2018 e ficaria difícil conseguir patrocínio. Mesmo assim, alguns empresas sinalizaram com a possibilidade de patrocínio para 2019 e isso nos deixa otimistas”, explicou o técnico do Álvares.

Por parte do Saldanha, que disputou as últimas três edições da Copa ES e também está em processo de reestruturação, o jogador Ronaldo Campo, que também é um dos gestores do time, explicou a que o retorno às competições nacionais faz parte do planejamento.

Time do Saldanha que disputou a última Copa ES de Basquete
Time do Saldanha que disputou a última Copa ES de Basquete
Foto: Divulgação

“É um projeto a longo e médio prazo. É um caminho longo, mas temos essa intenção. A primeira etapa do projeto foi reestruturar o time adulto e voltar para as competições locais. Fizemos isso, e agora estamos indo atrás de patrocinador grande para viabilizar reformas do clube e a participação em torneios de maior escalão”, explicou o jogador.

Histórico da participações na NBB

2009/2010: Saldanha (14º colocado) e Cetaf (Se classificou em 12º e foi eliminado nos playoffs para o Joinville. Perdeu por 3 a 0)

2010/2011: Cetaf (14º colocado) e Saldanha (13º colocado - 15 times)

2011/2012: Cetaf (15º colocado - 15 times)

2012/2013: Cetaf (16º colocado - 18 times)

2013/2014: Espírito Santo (17º colocado - último) - Rebaixado para a Liga Ouro de 2015

2014/2015: sem representante

2015/2016: sem representante

2016/2017: sem representante

 

 

Ver comentários