Notícia

Após polêmicas com Emicida e Taís Araújo, Esquiva lamenta intolerância

Na opinião do boxeador, algumas pessoas se aproveitam das redes sociais para xingar e ofender as outras

Esquiva Falcão, Taís Araújo e Emicida em atrito nas redes sociais
Esquiva Falcão, Taís Araújo e Emicida em atrito nas redes sociais
Foto: Montagem sobre fotos de Reprodução

O capixaba Esquiva Falcão é conhecido pelos grandes resultados que tem conquistado no boxe. Ele já ganhou uma medalha de prata olímpica em 2012, está cotado para disputar o cinturão mundial dos pesos médios no ano que vem, mas nos últimos dias o nome de Esquiva esteve envolvido em algumas polêmicas.

Tudo começou quando o lutador resolveu fazer comentários sobre as declarações da atriz Taís Araújo, que falou sobre o racismo sofrido pelos seus filhos negros no Brasil. Na ocasião, ela afirmou que a cor das crianças faz com que as pessoas mudem de calçada.

Nas redes sociais, Esquiva minimizou a crítica da atriz e afirmou que, mesmo sendo negro, nunca tinha visto ninguém atravessar a rua por causa. A declaração fez com que centenas de pessoas fizessem comentários contra e a favor da opinião do lutador. Uma repercussão que surpreendeu Esquiva. Foram mais de 20 mil curtidas e mais de mil comentários no post.

Esquiva Falcão voltou a treinar nos Estados Unidos
Esquiva Falcão voltou a treinar nos Estados Unidos
Foto: Divulgação/OnBoardSports

“As pessoas entenderam errado o que eu quis dizer. Em nenhum momento eu quis confrontar com a Taís. Gosto muito dela, não quis confrontar, mas as pessoas entenderam errado”, explicou Esquiva.

Um outra polêmica aconteceu no dia 20 de novembro, quando Esquiva minimizou a importância do dia da Consciência Negra e foi duramente criticado pelo cantor de Emicida. O músico escreveu que Esquiva poderia ser mais inteligente.

“Fiquei um pouco triste com as palavras dele. Eu nem respondi ele para não criar mais conflito. Gosto muito dele, respeito muito a carreira dele”, disse Esquiva.

Na opinião do lutador capixaba, a falta de respeito pela opinião do próximo tem sido um grande problema na relação das pessoas nas redes sociais.

“Antes de criticar, tem que saber o que está falando, porque às vezes uma palavra dói mais que um soco. As pessoas escrevem o que querem, não estão nem aí, porque estão atrás de um celular e de um computador. Está acabando o respeito pela opinião do próximo”, criticou o atleta capixaba.

Treinos de luxo com Vitor Belfort

Enquanto as polêmicas nas redes sociais ficam para trás, Esquiva continua sua preparação para as lutas de 2018. O capixaba está no Canadá treinando com o ex-campeão mundial David Lemieux. Durante o período no país norte-americano Esquiva teve a chance de fazer alguns treinos com o brasileiro Vitor Belfort, uma lenda do MMA.

Esquiva treinou com Vitor Belfort no Canadá
Esquiva treinou com Vitor Belfort no Canadá
Foto: Divulgação

“O objetivo era passar umas dicas, mostrar para ele umas técnicas novas, coisas novas que eu aprendi no boxe e que ele não sabia. O objetivo era a melhoria do boxe para ele no MMA, tenho certeza que isso vai ajudar bastante nas próximas lutas dele”, explicou Esquiva.

Informações de bastidores apontam que a luta de Esquiva pelo cinturão mundial está prevista para o mês de junho do ano que vem, contra o japonês Ryota Murata. Para isso, o capixaba precisa vencer o seu próximo duelo. “Minha próxima luta está prevista para acontecer em março em abril, se eu vencer, vou disputar o cinturão mundial”, concluiu.