Notícia

Dudu Bastos quer dar a volta por cima em luta principal do HCC 16

O lutador, que ficou preso por um ano, vai matar a saudade do octógono e terá um rival mineiro pela frente

A encarada entre João Paulo , à esquerda, e Dudu Bastos, à direita
A encarada entre João Paulo , à esquerda, e Dudu Bastos, à direita
Foto: Naldo Gregory/P10 Agência

O nocaute mais forte da vida ele sofreu em 2016 e agora, dois anos depois, está pronto para um desafio que promete marcar a volta por cima. Dudu Bastos vai fazer a luta principal do Haidar Capixaba Combat 16 diante do mineiro João Paulo “Jampah” na noite de hoje, na Matrix Music Hall, em Cariacica.

Em maio de 2016, Dudu foi preso após assaltar duas mulheres em Vila Velha. Ele, que já era bastante conhecido no mundo das lutas, disse na época que roubou para sustentar o vício em drogas. O atleta ficou um ano preso, mas conseguia dar “seus pulos” para manter a forma física atrás das grades.

“Eu saí há um ano. Eram sete pessoas em uma cela 3x3 metros. Eu era um atleta de alto rendimento, então ficava 1, 2 horas correndo parado. O banho de sol era só uma vez na semana, por meia hora. Daí eu corria na quadra, jogava futebol, fazia flexão, dava meu jeito”, detalhou.

João Paulo e Dudu posaram juntos
João Paulo e Dudu posaram juntos
Foto: Naldo Gregory/P10 Agência

O lutador chegou a pensar que esse momento não chegaria novamente. Dudu aprendeu a lição, é um novo homem e não vê a hora de voltar a fazer o que mais gosta. “Tive lutas importantes, mas essa luta é muito marcante. Deus me deu essa oportunidade e Ele tem me dado forças para continuar nessa caminhada. Estou muito confiante que vai dar tudo certo”.

Dudu não entra no octógono há dois anos e oito meses e admite que não foi fácil sair dos 84kg para chegar ao peso ideal para a luta. O atleta deveria bater 66kg na pesagem de ontem, no entanto ele só conseguiu chegar aos 69kg. Os lutadores chegaram a um acordo e o combate foi mantido. “O estresse da luta, o retorno, tudo isso me bloqueou. Fiquei muito tempo parado, o corpo sentiu todo esse processo agressivo da perda de peso.”

Enquanto Dudu vem do jiu-jítsu, seu rival é especialista em muay-thai. João Paulo veio de Minas Gerais para participar do HCC e garante que os gritos de provocação da torcida não o amedrontam. Pelo contrário. “Eu espero que ele venha para trocar, gosto de trocar porrada, a ideia é essa. É gostoso ver a galera gritando ‘vai morrer’, dá um gás a mais no jogo (risos)”.

Haidar Capixaba Combat 16

Data: Sábado (12/05)

Horário: a partir das 16 horas

Local: Matrix Music Hall, em Cariacica

Ingressos: a partir de R$ 20, nos pontos de vendas (Ademar Cunha, Inove Multimarcas, Country Ville, Rede Jaklayne Jóias ou pelo site www.blueticket.com.br e na bilheteria)

CARD DE MMA

Peso-pena: Dudu Bastos x João Paulo "Jampah"

Peso-leve: Rene Novaes x Renato Amorim

Peso-meio-médio: Rodrigo Marinho x Caio "Cocão" Fernandes

Peso-meio-médio: Deivid Santos x Igor Barcelos

Peso-pena: Lucas Pereira x Tarcízio "Pedra"

Peso-meio-médio: Higo da Silva x Edmar Bermudes

CARD DE KICKBOXING

+94kg: Fernando "Japão" x Uanderson "Montanha"

71kg: Thiago "Lobo" x Wellington "Muka"

58kg: Eliza Sant'anna x Adriene Gaigher

Full Contact +94 Kg: Ellison Pereira x Anderson Machado

81 Kg: Dídimo Filho x Crisóstomo "Insano"

71 Kg: Douglas Pereira x Gelson Silva

SUPER-LUTA DE JIU-JITSU

Peso-médio: Everton Bongestab x Maurício Pracias

Ver comentários