Notícia

Raça e estratégia: armas de Fernanda e Kleber para vencer Rally dos Sertões

Dupla que tem a capixaba Fernanda Tonani como navegadora competiu junto pela primeira vez na prova e conquistou a vitória no Rally dos Sertões 2018

Fernanda e Kleber venceram etapa de Fortaleza do Rally dos Sertões
Fernanda e Kleber venceram etapa de Fortaleza do Rally dos Sertões
Foto: Acervo Pessoal

A 26ª edição do Rally dos Sertões promoveu nos competidores um misto recheado de muitas sensações. Adrenalina, correria, lama, pedras, areia. Tudo misturado. Nos terrenos irregulares e desafiadores, os atletas encararam uma competição difícil, que serviu como uma grande experiência para os pilotos, ainda mais para dois novatos no evento na categoria Turismo. A parceria da capixaba Fernanda Tonani com o piloto e esposo Kleber Santana deu super certo nas pistas. A dupla corre junto em provas de rally de regularidade há pouco menos de dois anos, e fez nesta edição de 2018 sua estreia em uma das provas mais importantes do Brasil.

Fernanda atua como navegadora dentro da equipe e fica responsável ditar o caminho, transmitir observações da planilha e alertar o piloto Kleber sobre possíveis perigos. Nascida e criada no bairro Jardim da Penha, em Vitória, ela resolveu fazer sua estreia no Sertões ao lado do parceiro de todas as horas, como ela classifica o esposo. Juntos, eles conquistaram no solo de Fortaleza o lugar mais alto do pódio. 

Fernanda e Kleber comemoram título com a equipe
Fernanda e Kleber comemoram título com a equipe
Foto: Acervo Pessoal

“Foi algo indescritível ser campeões. Subimos na rampa e toda a nossa equipe de apoio subiu junto. Foram eles que cuidaram de nós e do nosso carro, nos incentivaram, então, foi especial estar lá em cima com eles. A atitude imediata que tive foi erguer a bandeira do Espírito Santo. Chorei, sorri e gritei. Só acreditei mesmo que tínhamos sido campeões quando nos abraçamos. A ficha demorou a cair. Estamos realizando tanta coisa em tão pouco tempo e estamos felizes por isso”, comentou Fernanda. 

Fernanda e Kleber venceram juntos o Rally dos Sertões
Fernanda e Kleber venceram juntos o Rally dos Sertões
Foto: Acervo Pessoal

Antes da vibração com o título, porém, o casal precisou vencer os mais de 3,6 mil quilômetros que divide Goiânia, em Goiás, de Fortaleza, no Ceará. Durante os sete dias de desafio, eles passaram ainda pela Bahia e pelo Piauí. 

“Foi extremamente difícil principalmente pelo tempo longo de prova, as distâncias percorridas e por termos que manter a concentração o tempo todo. Os últimos dias foram os mais difíceis, pois já estávamos com saudade do nosso filho, existia o cansaço físico e emocional, afinal, corríamos por cerca de dez horas por dia. Em alguns casos adentrávamos a noite em locais sem iluminação. No penúltimo dia aconteceu até do nosso pneu furar e, ao tentar ajudar a fazer a troca, acabei queimando a mão”, relembrou a médica anestesista. 

PRÓXIMAS METAS

E se engana quem pensa que os objetivos da dupla Fernanda e Kleber param por aí. Outras competições também estão nos projetos do casal ainda na temporada 2018. Eles concorrem ao título do Campeonato Paulista Off Road, que está com a liderança equilibrada, já que quatro carros disputam o troféu ponto a ponto. 

Carro que Fernanda e Kleber competiram
Carro que Fernanda e Kleber competiram
Foto: Acervo Pessoal

"No Paulista posso dizer que tudo por acontecer. Estamos na metade da competição e as equipes estão praticamente empatadas. Mas nossa confiança está alta porque nesse ano ficamos em 5º no Rally Transcatarina, o que nos trouxe bagagem. E também temos o Campeonato Mineiro, que está um pouco mais difícil porque não disputamos uma etapa para ficarmos com nosso filho", explicou Fernanda.

A dupla pretende agora continuar treinando e evoluindo para disputar novamente o Rally dos Sertões no ano que vem, além de mirar outras competições que possam entrar em suas agendas. O desejo de ser bicampeão é latente e Fernanda manda um recado: "Já estamos de olho no Rally dos Sertões de 2019."

O evento no ano que vem acontece entre as cidades de Campo Grande (MS) e Goiânia (GO), com passagem pelo deserto do Jalapão.

Ver comentários