Notícia

Esporte e turismo: caiaqueiros chegam a locais pouco conhecidos do ES

Grupo de caiaqueiros se reúnem em remadas que chegam a dura cinco horas pelo Estado capixaba, onde encontram lugares incríveis e cenas inesquecíveis

Grupo caiaqueiros rema pelas águas do Espírito Santo
Grupo caiaqueiros rema pelas águas do Espírito Santo
Foto: Rodrigo Morbim

Praticar e divulgar o esporte no Espírito Santo e ainda conhecer e desfrutar de lugares mais que especiais por meio das águas capixabas. Esses são os principais objetivos de um grupo de capixabas que encontraram nos caiaques um estilo de vida. Eles se reúnem para desbravar nosso Estado em diferentes direções. 

Um dos idealizadores dos Caiaqueiros é o gerente administrativo Rodrigo Morbim, de 36 anos, que conta que conheceu o esporte durante uma viagem a Regência, litoral de Linhares, junto de um primo, começou a usar o caiaque para reunir pessoas para remar.

E desde então o grupo tem encontros marcados que chegam a durar cinco ou seis horas em passeios pelo Estado. Durante a atividade física acontecem muitas descobertas, como destaca Rodrigo.

Leia também

"O legal é que além de ser um esporte que traz qualidade de vida para quem pratica, a gente chega em lugares que seria muito difícil ou até impossível chegar se não fosse de caiaque. Além de apreciar locais, descobrimos algumas coisas que pouca gente sabe, como a represa em Domingos Martins que costumamos remar", cita.

Algumas remadas também são combinadas com outros grupos além dos Caiaqueiros, para ver o nascer ou pôr do sol, por exemplo. 

"Nós temos nosso grupo, mas também temos contato com outros grupos e temos o costume de fazermos remadas juntos. Saímos para ver a Lua cheia e o pôr do Sol, ou saímos bem cedinho para ver o Sol nascer. Nosso compromisso é estar remando sempre junto e, por mais que um grupo de pessoas se distancie, o objetivo é nunca deixar alguém sozinho, para trás".

Rodrigo enumera alguns locais que o grupo visita. "Alguns passeios que fazemos com frequência é sair de Viana e ir remando até a Barra do Jucu, em Vila Velha. Sair de Linhares e ir até Jacaraípe, na Serra. Rio Santa Maria de Jetibá até as Paneleiras. Curva da Jurema até as Três Praias, em Guarapari. Urussuquara é um local que a gente também gosta bastante", conta. 

FOTOS

Ver comentários