Notícia

Duplas brasileiras se despedem da etapa de Doha do Circuito Mundial

Guto/Saymon e Pedro Solberg/Vitor caíram nas oitavas de final, enquanto Evandro/Bruno e os capixabas Alison/André deram adeus na repescagem

As duplas brasileiras deram adeus à etapa quatro estrelas de Doha (Qatar), pelo Circuito Mundial de Vôlei de Praia 2019. Guto/Saymon (RJ/MS) e Pedro Solberg/Vitor (RJ/PB) foram superados nesta quinta-feira (14.04) nas oitavas de final, enquanto os capixabas Alison/André e Evandro/Bruno (RJ/DF) caíram em uma rodada anterior, na repescagem.

Evandro e Bruno Schmidt em ação na etapa do Mundial, em Doha
Evandro e Bruno Schmidt em ação na etapa do Mundial, em Doha
Foto: FIVB/Divulgação

Guto e Saymon começaram bem, mas acabaram sofrendo a virada dos primos chilenos Marco e Esteban Grimalt: 2 sets a 1 (21/11, 12/21, 10/15), em 41 minutos. Eles somam 400 pontos no ranking e recebem cerca de R$ 15 mil pela nona colocação.

Quem também caiu nas oitavas foi Pedro Solberg e Vitor Felipe, que acabaram superados pelos russos Liamin e Velichko por 2 sets a 0 (21/15, 21/16), em 34 minutos.

> Capixabas Alison e André Stein vão à repescagem da etapa de Doha

Alison e André Stein acabaram eliminados na repescagem. Os brasileiros foram superados por 2 sets a 0 (21/15, 21/19) pelos catarianos Cherif Samba e Ahmed Tijan, em 36 minutos. Eles somam 320 pontos no ranking.

Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF) também se despediram na 17ª posição, com derrota na repescagem. Eles foram superados pelos canadenses Sam Pedlow e Sam Schachter por 2 sets a 0 (22/20, 21/17), em 39 minutos de duração.

> Ex-Corinthians, capixaba Sidcley desencanta pelo Dínamo de Kiev

Doha é a segunda de dez etapas do nível quatro estrelas programadas para o Circuito Mundial em 2019. Estão agendadas ainda outras duas etapas cinco estrelas e o Campeonato Mundial para este ano. A corrida olímpica, porém, segue até fevereiro de 2020.

 

 

Ver comentários