Notícia

Árbitro morre após passar mal durante jogo de futsal em São Paulo

O juiz teve um mal súbito, caiu em quadra e foi atendido pelos médicos dos clubes.

Vítima tinha 44 anos e morava na cidade de Jaboticabal
Vítima tinha 44 anos e morava na cidade de Jaboticabal
Foto: Divulgação/Facebook/Maicon Reis

O árbitro Isildo Fabiano Bianchi da Silva morreu na noite desta sexta-feira (10), aos 44 anos de idade, após passar mal durante o confronto entre Intelli/São Carlos e Taubaté, pela Copa Paulista de Futsal. O juiz teve um mal súbito, caiu em quadra e foi atendido pelos médicos dos clubes.

De acordo com nota publicada pelo Intelli/São Carlos, Isildo se sentiu mal perto dos três minutos de partida. Após o primeiro atendimento em quadra, o árbitro foi levado de ambulância a um hospital próximo e não resistiu.

Leia também

A partida, que ocorria no municipal de esportes Milton Olaio Filho, estava empatada por 0 a 0. Por todas as circunstâncias do ocorrido, a Liga Paulista de Futsal decidiu adiar o confronto, mas ainda não definiu a nova data.

Em suas redes sociais, a Liga Paulista de Futsal e Intelli/Unicep/São Carlos lamentaram a morte do árbitro e desejaram força aos familiares e amigos de Isildo.

"A LPF se solidariza aos amigos e familiares e agradece imensamente todo empenho da equipe médica, bem como a solidariedade das duas equipes (Intelli/Unicep/São Carlos e Taubaté), e em especial ao Secretario de Esportes de São Carlos, Edson Ferraz, que presente, não mediu esforços em prol do necessário, amplo e imediato atendimento para com o oficial", escreveu a entidade.

"Neste momento difícil, a Intelli/Unicep/São Carlos deseja o conforto no coração dos familiares. Luto", escreveu a equipe de São Carlos.

"Lamentamos profundamente a perda de um dos mais talentosos árbitros de futsal do Brasil, que sempre distribuiu alegria, motivação e retidão nas partidas que atuou. O desaparecimento do juiz Isildo Fabiano das quadras de futsal do país, nos deixa perplexos e enlutados. Neste momento nos unimos em oração à família e amigos para que esta perda possa ser compreendida com a esperança do conforto de Deus", escreveu a Unicep.

Ver comentários