Notícia

Capixaba desaparece na Espanha após enviar código de socorro para irmã no ES

Quelene Christiana Ribeiro, conhecida como Chris, estava em Barcelona. Ela parou de se comunicar com a família na madrugada desta quarta

Quelene Christiana Ribeiro, de 23 anos, desapareceu após mandar mensagem com código de segurança para irmã
Quelene Christiana Ribeiro, de 23 anos, desapareceu após mandar mensagem com código de segurança para irmã
Foto: Arquivo Pessoal

A Interpol vai auxiliar nas buscas pela capixaba Quellene Christiana Ribeiro, de 23 anos, que desapareceu na madrugada de quarta-feira (09) em Barcelona, na Espanha. A informação foi repassada pela família da jovem. 

Na tarde desta quinta-feira, a irmã de Quelene, Quellen Ribeiro, foi até a Polícia Federal, em Vila Velha, onde comunicou oficialmente o desaparecimento da irmã. 

Na próxima segunda, pelo menos dois membros da família vão viajar para a Espanha para acompanhar as investigações de perto, segundo a administradora.

Os familiares de Quelene, conhecida como Chris, estão preocupados devido a uma mensagem deixada pela moça no Whatsapp da irmã. As duas haviam combinado um "código de segurança" caso Chris precisasse de ajuda.

Segundo a irmã da jovem, ela viajou a passeio no dia 1º de dezembro e passaria 15 dias na casa de um amigo. Chris já havia feito outras viagens para visitar o amigo na Europa.

"Desta vez o amigo dela foi fazer um curso em Portugal e a deixou na casa dele. Até terça-feira ela estava postando fotos e conversando com a família. Daí ela saiu com um casal que conheceu lá e, por volta de 1h da madrugada de quarta aqui em Vitória, ela mandou a mensagem com o código", contou a irmã.

A família procurou o amigo de Chris, que ainda estava em Portugal. Ele informou que pediu que checassem a casa em Barcelona e confirmou que toda a bagagem da jovem desaparecida continuava no mesmo lugar.

O amigo disse ainda que voltaria imediatamente para a Espanha para ajudar nas buscas. A jovem estava hospedada no bairro Vila de Gracia.

Familiares se organizam para ir até o país europeu para procurar a jovem. Quelen informou que a família já acionou a Polícia Federal, o consulado do Brasil na Espanha e o Ministério do Exterior. A polícia espanhola também foi contactada, mas os familiares foram informados que o processo de desaparecimento só pode ser registrado 48 horas depois do ocorrido.

"Ela é uma menina muito alegre, até perturba a gente nos grupos de família e entra em contato conosco o tempo todo. É muito estranho que ela pare de falar assim. Ela nunca teve problemas com ninguém", disse Quelen.

Antes de viajar, Chris havia voltado para o Espírito Santo após uma temporada de 7 anos vivendo fora. Segundo a irmã, antes de voltar ao Estado, ela fazia trabalhos de modelo e maquiagem em São Paulo. 

Ver comentários