Notícia

Homem morre após levar choque pegando manga em rua

Ele usava cabo de ferro semelhante ao utilizado para limpar piscinas. Parte de via da QI 13 do Lago Sul foi fechada; vítima teve parada cardíaca.

Um homem de 40 anos morreu no início da tarde desta sexta-feira (25) depois de levar um choque enquanto tentava pegar mangas em um pé na QI 13 do Lago Sul, área nobre de Brasília. Ele usava um cabo de ferro semelhante ao utilizado para limpar piscinas e sofreu parada cardíaca.

Homem é atendido por bombeiros e médicos do Samu após choque elétrico no Lago Sul, área nobre de Brasília
Homem é atendido por bombeiros e médicos do Samu após choque elétrico no Lago Sul, área nobre de Brasília
Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

O homem, que trabalhava como auxiliar de serviços gerais, estava acompanhado de duas colegas de trabalho quando decidiu pegar as frutas após o almoço. De acordo com as testemunhas, para atingir uma das mangas, que estava a cerca de seis metros de altura, o homem usou o bastão. O vento teria movimentado a barra e feito com que a vítima atingisse a fiação.

"O vento jogou a vara, e ele saiu cambaleando para trás. Eu tentei segurar, mas ele já estava mal", afirma a auxiliar de serviços gerais Adriana dos Santos, que acompanhava a vítima. As colegas ficaram impressionadas com o ocorrido.

Por causa do acidente, parte do trânsito precisou ser bloqueado para o socorro na altura das embaixadas de Barbados e do Haiti. Houve congestionamento. O Corpo de Bombeiros e o Samu enviaram equipes ao local, com pelo menos 11 profissionais, para tentar reanimar a vítima. Os esforços duraram cerca de uma hora.

Plantados por moradores e técnicos da Novacap, os pés de mangas espalhados pelo DF correspondem a 44% da safra nacional e produzem 2,7 mil vezes a mais do que agricultores do Distrito Federal. De acordo com o órgão, cerca de 500 mil pés da fruta podem ser encontrados nas ruas, 350 mil apenas no Plano Piloto. Cada um, produz cerca de 100 kg, resultando em 500 mil toneladas por ano.

Ver comentários