Notícia

Eduardo Bolsonaro vira alvo de dois processos no Conselho de Ética

PT acusa deputado de cuspir em Jean Wyllys e editar vídeo com objetivo de prejudicar parlamentar do PSOL; G1 buscava contato com Bolsonaro até última atualização desta reportagem.

Foto: Reprodução/ Facebook Eduardo Bolsonaro

O Conselho de Ética da Câmara aprovou nesta quarta-feira (17) a abertura de dois processos para apurar a conduta do deputado Eduardo Bolsonaro (PSC-SP). Os processos foram abertos após o PT mover duas representações contra Bolsonaro.

Em uma representação, o PT acusa o parlamentar de cuspir no deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) em 2016, durante a sessão na qual o plenário analisava o processo de impeachment da então presidente Dilma Rousseff. Na outra, o PT diz que Eduardo Bolsonaro é o responsável por editar e publicar um vídeo na internet com o objetivo de prejudicar Jean Wyllys.

O G1 buscava contato com Eduardo Bolsonaro até a última atualização desta reportagem.

Ver comentários