Notícia

Presidente da Apex, Alex Carreiro, não aceita demissão

O chanceler 'não tem autonomia para demitir', diz assessoria do presidente da Apex

Alecxandro Carreiro ficou uma semana na frente da Apex
Alecxandro Carreiro ficou uma semana na frente da Apex
Foto: Divulgaçao

Alex Carreiro não aceitou sua demissão da presidência da Apex, anunciada na noite desta quarta-feira (9) pelo chanceler Ernesto Araújo, via Twitter.

"Carreiro está trabalhando normalmente. Recebeu vários parlamentares aqui hoje. Até o Bolsonaro demiti-lo, ele é o presidente da Apex. O Ernesto não tem autonomia para demitir. O Itamaraty é órgão supervisor da Apex. Quem nomeia ou exonera é o presidente da República", escreveu a Assessoria de Imprensa da Apex

Após Alex Carreiro pedir demissão da presidência da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), o chanceler Ernesto Araújo fez o anúncio no Twitter.

O episódio causou um mal-estar, pois Araújo anunciou a demissão pelas redes sociais antes de ter consultado o presidente Jair Bolsonaro sobre o tema, que é quem tem o poder de nomear ou exonerar as indicações para o comando da Apex.


 


Ver comentários