Notícia

Mãe do piloto de helicóptero de Boechat morre três dias após o filho

Amanda destacou a união e o amor entre o pai e a avó. "Agora vocês estão juntos. Vocês eram inseparáveis e tinham um amor incondicional um pelo outro!", escreveu

Filha do piloto Ronaldo Quattrucci relatou morte da avó em postagem no Instagram
Filha do piloto Ronaldo Quattrucci relatou morte da avó em postagem no Instagram
Foto: Instagram: @amaandamartinez

A mãe do piloto Ronaldo Quattrucci, que morreu em um acidente de helicóptero - o mesmo que matou o jornalista Ricardo Boechat, morreu três dias após o filho, nesta quinta-feira (14).  A informação foi divulgada pela filha do piloto, Amanda Martinez, por meio de uma publicação no Instagram. 

Segundo a postagem, Philomena lutava contra um câncer terminal. "Quando meu pai estava sofrendo com sua doença terminal, a vida nos surpreende e Deus o levou três dias antes dela. Você não a viu ir e ela não chegou a saber da sua partida e agora continuam juntos em outro plano. Oro por vocês e sei que irão guiar e cuidar de nós que ficamos". 

Amanda também destacou a união e o amor entre o pai e a avó. "Agora vocês estão juntos olhando por nós aí de cima! Vocês eram inseparáveis e tinham um amor incondicional um pelo outro!", escreveu. 

ACIDENTE

O helicóptero pilotado por Ronaldo Quattrucci, que transportava Boechat, sofreu uma pane mecânica antes de cair na Rodovia Anhanguera, em São Paulo. A queda aconteceu na última segunda-feira (11). 

Leia também

"Houve uma pane mecânica. Quer dizer, não há de se falar que o cara ia por um remold lá no motor ou sei lá onde, montar na aeronave e subir", afirmou ao Estado o delegado Luiz Roberto Hellmeister, responsável pelo inquérito na Polícia Civil. Os investigadores aguardam laudos para confirmar as circunstâncias do acidente.

Quattrucci era sócio majoritário da empresa RQ Serviços Aéreos Especializados, com sede em São Paulo. "Ele era dono da aeronave e único piloto da empresa. Ficou comprovado por profissionais da área que ele fez todo procedimento de pouso de emergência", disse Hellmeister.

Ver comentários