Notícia

Terceiro suspeito de participar de ataque a escola se apresenta à Justiça

Adolescente de 17 anos também é ex-aluno da escola; polícia suspeita de participação do menor na preparação do ataque

Os atiradores de Suzano
Os atiradores de Suzano
Foto: Reprodução

O adolescente de 17 anos apontado como suspeito de participar no ataque à Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, na Grande São Paulo, se apresentou à Justiça na manhã desta sexta-feira (15).

O jovem está sendo ouvido neste momento pelo promotor Rafael do Val, nomeado pela Procuradoria-geral de Justiça para a investigação. Policiais civis realizaram nesta sexta-feira diligências na casa do jovem.

Leia também

Por se tratar de um menor de idade, a mãe do adolescente acompanha a oitiva do Ministério Público. Após o depoimento, a promotoria pode apresentar à Justiça recomendação para a apreensão do rapaz.A decisão ficará a cargo da Vara de Infância e Juventude de Suzano.

A Polícia Civil já havia pedido à Justiça nesta quinta-feira, 14, a apreensão do jovem suspeito de ser o terceiro envolvido no ataque à Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, que deixou 10 mortos e 11 feridos nesta quarta, 13.

O adolescente de 17 anos também é ex-aluno da escola e estudou com G.T.M., jovem da mesma idade que, segundo a polícia, liderou o ataque. A participação do novo suspeito teria ocorrido na fase de preparação.

A polícia não revelou quais provas ligam o menor ao ataque, mas já colheu depoimento dele na delegacia e espera posicionamento da Justiça. O adolescente será apresentado à Vara da Infância e Juventude nesta sexta, 15, que decidirá pela apreensão.

Ver comentários