Notícia

Mulher carbonizada após acidente na BR 101 era da Bahia

Olívia Riso Ferreira foi secretária de Saúde de Ilhéus

Com informações de Tiago Félix, da TV Gazeta

A mulher carbonizada num grave acidente na tarde de quarta-feira (08), próximo à comunidade de Ribeirão do Sapê, em Aracruz, Norte do Estado, foi identificada por familiares como Olívia Riso Ferreira, de 42 anos.

A família é da cidade de Ilhéus, na Bahia. A mulher também foi secretária de Saúde de Ilhéus. O corpo da vítima foi levado para o Serviço Médico Legal (SML) de Linhares, e encaminhado hoje para o Departamento Médico Legal (DML), em Vitória, para a realização do exame de DNA. 

O pai de Olívia, Antônio Ferreira, de 71 anos, informou que a família soube da notícia na quarta-feira por volta das 22 horas, quando recebeu uma ligação do marido dela, que mora em Vitória. Ele está tentando liberar o corpo da mulher.

Olívia seguia para casa dos pais na Bahia. Ela deixa um filho. O marido soube do acidente depois das notícias nos telejornais e pela placa do carro.

O acidente

O acidente aconteceu na BR 101, no Km 192, próximo à comunidade Ribeirão do Sapê, em Aracruz, Norte do Estado, por volta das 13h50.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a caminhonete Hilux, com placas de Minas Gerais, seguia no sentido Linhares-Vitória quando invadiu a contramão e bateu de frente com o caminhão baú que transportava produtos tóxicos usados em combate a praga em lavouras agrícolas. Com o impacto da batida os dois veículos pegaram fogo e explodiram. A condutora da caminhonete morreu na hora. O corpo ficou preso às ferragens e foi carbonizado.

O motorista do caminhão, Valmir Pontes Camargo, 54 anos, conseguiu sair pela janela do veículo antes do fogo começar. Ele sofreu ferimentos, foi medicado no local pela equipe da ECO 101, empresa que administra a rodovia, e levado para um hospital de Linhares. O estado de saúde não foi informado.

O fogo só foi controlado pelos bombeiros uma hora e meia depois do acidente. A pista ficou interditada por, pelo menos, três horas. Cerca de quatro quilômetros de congestionamento se formou nos dois sentidos da rodovia.

Ver comentários