Notícia

Corpos de jovens desaparecidos no Rio Doce são encontrados

Os corpos foram encontrados nesta quinta-feira (11), mas estavam desaparecidos desde a tarde de quarta-feira (10). Este é o primeiro caso de afogamento no rio neste ano

Local onde o corpo de Douglas foi encontrado

Mesmo com o Rio Doce cheio de lama, dois jovens, de 17 e 19 anos, entraram na água para tomar banho e acabaram morrendo afogados em Colatina, Noroeste do Estado.

Os corpos foram encontrados nesta quinta-feira (11), mas estavam desaparecidos desde a tarde de quarta-feira (10). Este é o primeiro caso de afogamento no rio neste ano. Segundo testemunhas, os jovens entraram no rio e seguiram por um canal com água até a altura do joelho. Depois, andaram por um banco de areia e foram até uma ilha, mas depois disso não foram mais vistos.

O Corpo de Bombeiros encontrou o primeiro corpo por volta das 11h. A vítima, Estevão Lyrio, de 17 anos, foi achado próximo do local onde desapareceram, no bairro Columbia. Já o corpo de Douglas da Silva Soares, de 19 anos, foi encontrado por volta das 16h30, a 10 km do local do banho, no bairro Santa Helena, próximo a rodovia ES 248.

Os bombeiros relataram dificuldades na procura. “A dificuldade foi a falta de visibilidade por causa da lama de rejeitos de minério. No entanto, terminamos o serviço para tentar amenizar a dor da família”, comenta o sargento Ozias.

Segundo o pai de Douglas, o vigia Sileu Soares, os dois jovens eram amigos. “Desde ontem me disseram que ele estava desaparecido, eu não sabia que os dois tinham ido ao rio”, comenta.

De acordo com os bombeiros, antes da chegada da lama de rejeitos da barragem que se rompeu em Minas Gerais, o local era procurado por moradores para banho.

Ver comentários