Notícia

Último dia do sinal analógico! Atenção para não ficar sem ver TV

A partir desta quarta-feira (25), só será possível assistir aos canais da TV aberta quem tiver o sinal digital

Patrícia Ribeiro Salgado da Silva,  síndica geral do condomínio Atlântica Ville, em Jardim Camburi, contou que equipes da prefeitura fizeram divulgação no local e orientaram os moradores sobre a necessidade de se adaptar
Patrícia Ribeiro Salgado da Silva, síndica geral do condomínio Atlântica Ville, em Jardim Camburi, contou que equipes da prefeitura fizeram divulgação no local e orientaram os moradores sobre a necessidade de se adaptar
Foto: Ricardo Medeiros

Hoje, 25 de outubro de 2017, é o último dia do sinal analógico de TV nas sete cidades da Região Metropolitana (Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória). A partir de amanhã, só será possível assistir aos canais da TV aberta quem tiver o sinal digital.

É importante ressaltar que o Estado conseguiu atingir mais de 90% da cobertura digital na Grande Vitória, um número positivo em relação a outras regiões do país. Um destaque é que com o sinal digital toda a programação terá mais qualidade de som e imagem e, ainda, sem ruídos e chiados.

E, para saber se a sua TV é analógica, vale observar se aparece um “A” na tela e, também, se está com as informações sobre o desligamento passando na parte de baixo. Essas pessoas vão precisar adquirir um conversor e uma antena digital para continuar a ver as imagens e acompanhar os programas favoritos.

Por isso, um ponto que merece atenção é que as pessoas que fazem parte de algum programa social do governo federal possuem o direito de receber um kit gratuito, com a antena e o conversor. Para isso, basta acessar o site da Seja Digital (www.sejadigital.com.br) – entidade responsável pela operação do processo de migração do sinal de TV no Brasil – ou ligar no número 147, e fazer o agendamento para a retirada, assim como, tirar dúvidas sobre o desligamento e as mudanças.

E quem não está dentro desse percentual dos kits gratuitos precisa comprar esses equipamentos para fazer parte da experiência do sinal digital. Um destaque é que as lojas de eletrodomésticos que vendem a antena e o conversor aproveitaram o momento para fazer promoções, vender com preços abaixo do normal aplicado no dia a dia e, ainda, condições diferenciadas de parcelamento.

“O Estado atingiu um número expressivo da cobertura digital, no qual as entregas dos kits gratuitos foram muito positivas em todas as cidades da Grande Vitória. Somente o município de Guarapari ficou com um numero maior de agendamento ainda sem a busca dos materiais”, destacou Maísa Porto, gerente regional da Seja Digital.

Vinicius Martins, gerente de engenharia da TV Gazeta, explica que a intenção é que ninguém fique sem ver TV. “Por isso, foi realizado um trabalho de excelência para que a mudança aconteça com sucesso”.

PLANEJAMENTO

Gabriel Moura, diretor de operação e programação da TV Gazeta, explicou que empresa atuou com um planejamento estratégico que envolveu todos os veículos para levar a informação à sociedade e o resultado foi muito positivo. “A expectativa é que o percentual que ainda não tem o sinal digital procure o quanto antes a mudança para continuar acompanhando toda a programação local e da TV Globo”, destacou Moura.

TIRE SUAS DÚVIDAS

Dúvidas do site Seja Digital

Por que o sinal analógico foi desligado?

A televisão brasileira está passando por uma grande evolução. Até dezembro de 2018, mais de 1300 cidades do Brasil terão o sinal analógico de TV desligado. Todos os canais abertos de televisão passarão a transmitir a programação exclusivamente pelo sinal digital, que transmite a programação com imagem e som de cinema.

Por que preciso de uma antena UHF e um conversor?

Porque outros modelos de antena não captam o sinal digital de televisão. Sem uma antena UHF, os televisores não poderão exibir a programação dos canais abertos de televisão transmitidos pelo sinal digital. Só precisará de um conversor quem utiliza TVs de tubo ou TVs de tela plana que não tenham o conversor embutido. Para ter certeza se o televisor já tem o conversor embutido, consulte o manual do fabricante.

Preciso comprar uma televisão nova?

Não. Todas os televisores podem ser utilizados para assistir os canais abertos transmitidos pelo sinal digital. Porém, seu televisor pode precisar de adaptações. Se o aparelho for uma televisão de tubo, será necessário instalar um conversor de sinal. Se o televisor for de tela fina e não tiver o conversor embutido, também precisará de um conversor de sinal. Para ter certeza se o televisor já tem o conversor embutido, consulte o manual do fabricante.

Preciso de um conversor para cada televisor?

Sim. Cada televisor precisa de um conversor externo, desde que não tenha o conversor embutido. Se o aparelho for uma televisão de tubo, será necessário instalar um conversor de sinal. Se o televisor for de tela fina e não tiver o conversor embutido, também precisará de um conversor de sinal. Para ter certeza se o televisor já tem o conversor embutido, consulte o manual do fabricante.

Posso usar qualquer tipo de antena para captar o sinal digital?

Não. A antena deve ser UHF e, de preferência, externa, instalada no telhado de casa.

Posso usar o conversor com uma TV que já vem com um conversor embutido?

Não há necessidade, pois a TV com conversor embutido só precisará estar conectada a uma antena UHF para encontrar os canais transmitidos pelo sinal digital.

Eu posso retirar um kit gratuito com antena e conversor?

Para saber se pode retirar um kit ligue para o telefone 147, com o seu NIS (Número de Identificação Social) ou CPF em mãos. A distribuição contempla as famílias que participam de algum programa social do governo federal, como Bolsa Família.

 

 

Ver comentários