Notícia

Eco101 duplica apenas 1,8 km em Anchieta, mas diz que são 2,5 km

A empresa prevê duplicar 7,4 km no município de Anchieta, mas apenas um primeiro trecho foi entregue nesta semana

O trecho duplicado tem 1,8 km e não os 2,5 prometidos
O trecho duplicado tem 1,8 km e não os 2,5 prometidos
Foto: Kaique Dias

A novela da duplicação da BR 101 ganhou um novo capítulo, justamente na semana em que a concessionária Eco101 anunciou a entrega do primeiro trecho reformado da rodovia. Embora a placa afixada à margem da BR, em Anchieta, indique que 2,5 km estão, a partir dali, com duas vias, na verdade, o motorista só irá passar por 1,8 km de asfalto novo em folha. Foi o que A GAZETA constatou nesta sexta-feira.

No começo da semana, um leitor da coluna Leonel Ximenes já havia feito o alerta: os 2,5 km anunciados pela concessionária não se confirmavam. Nesta sexta-feira (15), a reportagem pegou estrada e confirmou a informação usando o odômetro, o equipamento que mede a distância percorrida por um veículo.

Leia também

O percurso inicial foi no começo da duplicação, onde há pista dupla no sentido Sul e no sentido Norte. Chegando a 1,7 km terminam as linhas pontilhadas que dividem as pistas no sentido Sul. 100 metros depois, a pista no mesmo sentido volta a ser simples, somando assim 1,8km de duplicação.

A pista dupla termina nesse ponto, mas do outro lado ainda é possível ver duas pistas, com uma terceira faixa, como acontece em vários trechos da BR 101 no Estado. Ainda assim, esse trecho dura só mais 500 metros, onde a pista volta a ser simples nos dois sentidos.

Até o final da terceira faixa - que não é duplicação - são 2,3 km de distância e não os 2,5 km anunciados pela concessionária. Esses 2,5 km terminam em um trecho onde não há sequer a terceira faixa.

ESTÁ ATRASADO

O trecho de 1,8 km entregue esta semana corresponde a apenas 0,39% do que a concessionária precisa duplicar em todo o Espírito Santo até 2036, num total de 460 km, segundo os termos do contrato firmado entre a concessionária e o governo federal em maio de 2013.

Pelo contrato firmado há quatro anos, a Eco101 deveria entregar 235,7 km de duplicação da rodovia no Estado até 2019. A empresa prevê até lá duplicar 7,4 km no município de Anchieta.

A liberação dos primeiros 1,8km ocorre após um longo impasse, em que a concessionária chegou a admitir que não duplicaria a rodovia.

Após muitas idas e vindas com briga no governo Federal e na Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a concessionária retomou os trabalhos em quatro trechos que já contam com licença ambiental, nas cidades de João Neiva, Ibiraçu e Iconha, além de Anchieta. A duplicação do trecho entre Viana e Guarapari começará em janeiro.

OUTRO LADO

“A Eco101 informa que foram entregues 2,5 quilômetros de pista duplicada. Cabe ressaltar, entretanto, que para realizar o encaixe de saída e entrada de pista a concessionária, por segurança, implementou sinalização em parte do trecho duplicado, o que resulta em um estreitamento de pista em cada sentido. Em relação ao restante do trecho, assim como todo percurso da BR 101, a concessionária afirma que efetuará toda a duplicação em sua extensão. A Eco101 informa, ainda, que o trecho sul teve sua licença ambiental liberada em setembro e, atualmente, a concessionária trabalha para atender algumas condicionantes ambientais estabelecidas pelo Ibama, para outras frentes de trabalho, como é o caso do trecho entre Viana e Guarapari, que tem previsão de início de obras em janeiro de 2018”.

Ver comentários