Notícia

Incêndio na Serra: 80% do galpão foi atingido pelo fogo

De acordo com capitão do Corpo de Bombeiros, a maior parte da empresa terá que ser reconstruída. Trabalho de combate às chamas deve durar o dia todo

Pelo menos 80% da empresa de logística SerraPark ficou com a estrutura comprometida depois que um incêndio atingiu o local na madrugada deste sábado (07). O fogo tomou conta do galpão da empresa, que armazenava cosméticos, medicamentos e eletrodomésticos. O Corpo de Bombeiros trabalha para tentar conter as chamas.

De acordo com o capitão do Corpo de Bombeiros Antônio Severino, a maior parte da empresa terá que ser reconstruída. Pelo menos 15 militares atuam no combate ao incêndio, em um trabalho que deve seguir ao longo de todo o dia. As causas do incêndio só poderão ser determinadas após a perícia.

VEJA GALERIA DE IMAGENS

"O fogo ainda está muito intenso. Estamos fazendo o combate com três viaturas e um carro-tanque. O combate deve durar o dia todo. A princípio terá que reconstruir a maior parte da empresa. A parte da frente, cerca de 4 mil metros quadrados, foi tomada pelo fogo. A estrutura era de vigas de aço que foram deformadas", explicou o capitão Antônio Severino, do Corpo de Bombeiros.

Ainda não se sabe o que provocou o incêndio. Os bombeiros trabalham para impedir que o fogo se alastre para uma área anexa ao galpão.

"Só a perícia vai poder mencionar as causas do incêndio e onde o fogo começou. O teto do galpão desabou e a maior parte da empresa, uns 80%, foi atingida pelo fogo. Tem uma pequena parte, anexa ao galpão, que não foi atingida pelas chamas e está sendo preservada", afirmou o capitão.

Somente depois que o incêndio for controlado e a área estiver fria que a Defesa Civil irá avaliar a estrutura e possíveis danos causados.

Com informações de Rafael Silva Freitas

Ver comentários