Notícia

Anvisa começa a funcionar em novo aeroporto de Vitória

Na semana passada, o órgão ainda atendia o público no antigo terminal

Aeroporto de Vitória: concessão prevê aumento da estrutura do terminal
Aeroporto de Vitória: concessão prevê aumento da estrutura do terminal
Foto: Fernando Madeira

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) começou a atender o público no novo terminal de passageiros do Aeroporto de Vitória nesta quarta-feira (11). O órgão funcionava até a última semana no antigo terminal de passageiros, três meses depois que o novo aeroporto foi inaugurado.

A nova sala da agência funciona no no saguão de check-in, na área pública do terminal (piso térreo). O horário de atendimento é das 9h às 12h e das 13h às 16h, de segunda a sexta-feira. O telefone da Anvisa no aeroporto é 3235-6471.

Relembre

O novo terminal de passageiros do Aeroporto de Vitória foi inaugurado há mais de três meses. No entanto, os usuários que dependem dos serviços da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ainda enfrentam muitos problemas. Quem precisa do certificado de vacinação para viagens internacionais, por exemplo, só consegue atendimento no antigo terminal do aeroporto, na Avenida Fernando Ferrari, que está desativado desde março. O problema é que o local está escuro, com pouca vigilância e número reduzido de vagas para estacionar carros.

A advogada Andreza Devens precisou emitir o certificado de vacinação e reclamou da estrutura oferecida aos passageiros. “Eu vejo essa situação como um despreparo da Anvisa. Passados quase quatro meses da inauguração do terminal novo, é preocupante o fato de nós não termos um órgão de vigilância sanitária dentro do nosso terminal”, reclamou.

A reportagem da CBN Vitória esteve ontem no antigo terminal do Aeroporto de Vitória e constatou a situação citada pela advogada. É preciso atravessar um salão desativado, que está escuro, para chegar à sala de atendimento ao público. Além da advogada, outros passageiros que foram ao local para conseguir atendimento fizeram reclamações. Um deles é o microempresário Amarildo Loubach.

“Aqui está tudo escuro e não tem lugar para estacionar. A gente fica um pouco perdido, não sabe onde pode deixar o carro, porque a gente tem que fazer esse trâmite aqui dentro da Anvisa. Estamos meio perdidos”, disse.

Enquanto os passageiros estão insatisfeitos, a Infraero e a Anvisa estão em um impasse sobre a responsabilidade de inauguração do novo local para a prestação dos serviços de vigilância sanitária.

Por nota, a Infraero informou que um local já está disponível no novo aeroporto para o funcionamento dos serviços de vigilância sanitária. A Anvisa, por sua vez, respondeu que obteve da Infraero uma sala no novo Aeroporto de Vitória, mas o local não possui alguns requisitos essenciais para a emissão do Certificado Internacional de Vacinação, como rede de transmissão de dados.

A reportagem foi ao novo terminal do aeroporto, mas não teve autorização para visitar a sala onde os serviços da Anvisa serão prestados. Enquanto o impasse continua, ainda não há uma data prevista para que o atendimento aos passageiros comece a ser feito no novo terminal do aeroporto.

Ver comentários