Notícia

Bike VV deve ser ampliado e com acessibilidade a cegos

Segundo a prefeitura, número de estações deve ser duplicado nos próximos meses

Bike VV possui 20 estações em Vila Velha
Bike VV possui 20 estações em Vila Velha
Foto: Divulgação/PMVV

Quatro meses após o lançamento do sistema, o serviço de bicicletas em Vila Velha deve ser ampliado para novos bairros. A promessa da Prefeitura de Vila Velha é duplicar o número de estações nos próximos meses e com uma novidade, a inclusão de bicicletas destinadas a pessoas com deficiência visual.

Muita calma, não é que um cego vai sair por ai pedalando sozinho. De acordo com o órgão, serão bicicletas adaptadas para recebê-los. Estão sendo propostos três modelos de bicicleta: triciclos para duas e três pessoas; e bike tandem (bicicleta dupla para pessoas de baixa visão). As estações localizadas na Praça do Ciclista (Praia de Itaparica) e na Curva da Sereia (Praia da Costa) devem receber, inicialmente, as bicicletas adaptadas e destinadas às pessoas com deficiência visual.

"Vila Velha é a cidade onde o sistema obteve maior sucesso. O interesse da população local é muito grande pelo compartilhamento de bicicletas. Já estamos realizando análises para implantarmos novas estações em diferentes bairros do município. A implantação das bicicletas destinadas às pessoas com deficiência visual está sendo tratada com todo o carinho", afirmou o prefeito Max Filho.

Um dos modelos de bicicleta adaptada para cegos em estudo pela PMVV
Um dos modelos de bicicleta adaptada para cegos em estudo pela PMVV
Foto: Divulgação/PMVV

Atualmente o "Bike VV" conta com 20 estações localizadas em oito bairros e disponibiliza 200 bicicletas para os seus usuários. A proposta inicial é de que o número de estações seja dobrado, ou seja, que o serviço passe a contar com 40 pontos de compartilhamento. Alguns dos bairros que estão sendo avaliados para receber novos pontos do sistema de compartilhamento de bicicletas são: Ibes, Barra do Jucu, Santa Inês e Araçás.

A Tembici - empresa responsável pela operação do sistema - busca junto a iniciativa privada o suporte necessário para promover a expansão do sistema. "O ‘Bike VV’ só poderá ser ampliado com o suporte da iniciativa privada, por meio de patrocinadores. Caso isso seja alcançado, em cerca de dois meses promoveremos a execução do projeto", declarou a coordenadora de relacionamento da empresa, Érica Andrade.

Desde março, mais de 160 mil viagens foram realizadas e quase 17 mil pessoas estão cadastradas como usuárias do serviço.

Ver comentários