Notícia

Cliente vai receber quase R$ 20 mil após queimaduras em restaurante

A vítima foi atingida pelo líquido do fogareiro do estabelecimento; ela teve queimaduras graves pelo corpo

Fogo consumiu as roupas da cliente que foi atingida por líquido de um fogareiro
Fogo consumiu as roupas da cliente que foi atingida por líquido de um fogareiro
Foto: TJES

Uma mulher deve ser indenizada em R$ 16 mil, por danos morais, e R$ 2.881,75, por danos materiais, após ter sido atingida pelo líquido de um fogareiro em um restaurante de Marataízes, no litoral sul do Estado.

De acordo com o Tribunal de Justiça do Espírito Santo (TJES), um dos garçons passou com a estrutura acesa, quando a mulher foi atingida e teve queimaduras graves pelo corpo. A vítima afirmou que os funcionários não ofereceram nenhuma ajuda.

À Justiça, o estabelecimento não apresentou nenhuma defesa, levando o Juiz da Vara Cível de Marataízes a presumir o ocorrido como verdadeiro. A mulher também comprovou os cuidados relacionados às queimaduras que, segundo o magistrado, se mostraram compatíveis com o relato apresentado pela cliente.

Leia também

“É de se esperar que nos moldes desta fixação, a condenação possa ocasionar a adoção de medidas atenuantes por parte da requerida, a exemplo da promoção de adequado treinamento e orientação de seus prepostos, para que assim sejam evitadas ilegítimas e lesivas ingerências ao patrimônio moral dos tantos que se utilizam de seus serviços que, se conduzidos adequadamente e com a seriedade exigida, só benefícios ocasionarão”, concluiu o juiz em sua decisão.

Ver comentários