Notícia

Em um ano, número de roubos de veículos quase dobra no ES

Em 2017, 6.079 carros e motos foram levados por bandidos mediante violência aos proprietários dos veículos

Foto: Marcos Fernandez | Arquivo | GZ

O número de roubos e furtos de veículos no Espírito Santo em 2017 cresceu 65,9% em relação ao ano anterior. Foram 10.788 crimes, 4.286 a mais. Os dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2018, publicado nesta quinta-feira (9).

Isoladamente, a quantidade de roubos foi o que mais cresceu no Espírito Santo. Foram 6.079 carros e motos levados de seus proprietários mediante violência, enquanto, em  2016, foram 3.392 registros. Isso representa 325,3 casos a cada 100 mil veículos do Estado. Já o número de furtos foi de 4.079, em 2017, e de 3.110, em 2016.

10.788

Número de furtos e roubos de carros no Espírito Santo em 2017

Vale ressaltar que, no ano passado, o Espírito Santo teve a greve da Polícia Militar, em fevereiro, o que alavancou o número de crimes em pouco tempo. Foram  22 dias de paralisação. Uma onda de assassinatos, arrombamentos, saques e assaltos se espalhou. O Estado recebeu a ajuda das Forças Armadas e da Força Nacional.

No Brasil, houve redução do número absoluto de roubos e furtos de veículos. Em 2017, foram 543.991. Já o ano anterior teve 557.504 registros no país.

4 HOMICÍDIOS POR DIA NO ES

Leia também

O número de homicídios no Espírito Santo aumentou 17,7% em 2017, em relação ao ano anterior. Foram 1.405 vítimas. Em 2016, foram 1.181, ou seja, 224 mortes a mais. Isso representa 35 assassinatos para cada 100 mil habitantes no ano passado.

Os dados são do Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2018, publicado nesta quinta-feira (9). O Brasil também registrou mais mortes, porém, em porcentagem, o crescimento (2,1%) foi muito menor do que o Estado.

Em todo o Brasil, houve aumento de 2,1 % na quantidade de assassinatos, segundo dados do anuário . Foram 26,9 mortes a cada 100 mil habitantes em 2017, enquanto que em 2016 o número foi de 26,4. Somente no ano passado, o país teve 55.900 homicídios.

Ver comentários