Notícia

Escolas particulares do ES são segundo lugar entre melhores do país

Segundo levantamento do MEC, o estado fica atrás somente de Minas Gerais quando consideradas apenas as escolas privadas

Foto: Pixabay

O Espírito Santo aparece em segundo lugar no ranking do ensino particular no Brasil. Segundo os dados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), edição de 2017, divulgados nesta quinta-feira (30) pelo Ministério da Educação (MEC), a média de pontuação das escolas privadas do Estado só não é maior do que as de Minas Gerais, que aparecem em primeiro. 

Na avaliação feita no quinto e nono ano, o Espírito Santo aparece bem próximo à média das notas das instituições particulares de Minas Gerais. O Estado só "escorrega" no terceiro ano do Ensino médio, quando cai para quarto lugar na prova de Português. Ficando atrás também de Piauí e Rio Grande do Sul. 

FALHA

A proficiência de Língua Portuguesa aparenta ser o ponto fraco das escolas particulares do Estado. Os dados do Saeb indicam que quase um terço dos alunos do terceiro ano (28,57%) não atinge nem o nível básico de conhecimento. Nesse grupo, apenas 7,94% tiveram notas consideradas adequadas. 

Leia também

Ainda no terceiro ano, em matemática, 30,95% têm nível adequado, 50,4% básico e apenas 18% não aprenderam o suficiente, segundo o estudo. 

TOTAL

Considerando as escolas particulares e públicas, o Espírito Santo apresentou o melhor desempenho do país, em Língua Portuguesa e Matemática, entre os alunos da 3ª série do ensino médio. Esse é o resultado do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), edição de 2017, divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério da Educação (MEC).

Conforme os dados apurados, o Estado avançou 6,2 pontos em Língua Portuguesa, entre 2015 e 2017, obtendo média de 283,7; e cresceu no mesmo período 10,5 pontos em Matemática, alcançando 291,6.

 

 

Ver comentários