Notícia

40 mil pessoas curtiram o Viradão Vitória

Evento reuniu 88 atrações em 30 horas de apresentações

Viradão Vitória levou capixabas ao Centro da Capital
Viradão Vitória levou capixabas ao Centro da Capital
Foto: Marcelo Prest

Cerca de 40 mil pessoas participaram dos dois dias de Viradão Vitória, que reuniu 88 atrações em 30 horas de atrações culturais no Centro da Capital. A estimativa é da Prefeitura de Vitória, organizadora do evento.

Para o secretário de Cultura do município, Francisco Grijó, o balanço da programação, que começou na última sexta e terminou ontem, é o mais positivo possível.

“Tudo funcionou muito bem. As equipe de segurança, de limpeza. A Guarda Municipal atuou com a Polícia Militar, e não foi registrada nenhuma ocorrência. As pessoas estavam muito harmônicas. Acredito que a arte ajuda a harmonizar”, descreveu Grijó.

A programação do segundo dia de Viradão começou logo cedo, com a comemoração dos 467 anos de Vitória, no Parque Moscoso. Dali em diante, o coração da cidade foi palco de apresentações de música, dança e exposições de arte. Em cada canto do bairro era possível ver e até participar de um movimento artístico.

Homenagem

Um dos destaques da programação foi a homenagem ao músico Alexandre Lima, que sofreu um aneurisma em 2013 e está em coma até hoje. Ele é ex-secretário de cultura da Capital e, também, fez parte da banda Manimal. Para lembrar a trajetória do músico, o grupo Pop Jazz tocou os sucessos do grupo capixaba.

A cantora Gavi, uma das atrações mais esperadas, tocou na Praça Oito. Perto dali, na Casa Porto, a cantora Nina Becker, principal atração do dia, também levantou o público.

Aprovado

A exemplo do que aconteceu na última sexta-feira, primeiro dia de Viradão, os participantes aprovaram a realização do evento no Centro. Foi o caso do fotógrafo Marco Franco. Ele mora no bairro e disse que se programa para não sair de carro e ver as atrações da cidade.

“O evento cresceu e está bem organizado. A mobilidade fica um pouco comprometida, mas vale a pena. São muitas opções”, afirma o fotógrafo.

Quem também aprovou o Viradão foi a família Vidal. Valentina foi com os filhos, Júlia e Lucas.

“Acho uma iniciativa fantástica. Ajuda na revitalização do Centro de Vitória e também da sociedade, porque promove a cultura, acessível a todos”, afirma Valentina.

O Viradão Vitória comemora os 467 anos de Vitória e também os 90 anos da Rede Gazeta.

Ver comentários